sábado, 2 de julho de 2016

Eu, envergonhada

Senti vergonha perante o moço dos Correios.
Escrevi uma carta e carimbei no envelope com carimbo de corações.
Quando estava lá na agência com a senha em mãos, H1642 ( não devem mais existir senhas simples 1, 2, 3, 4 ) percebi que apenas um atendente chamava as senhas iniciadas pela letra H. Eu tinha alguma esperança de ser chamada pela mocinha da outra ponta, mas logo dei por mim que seria ele mesmo a pressionar o botão que me chamaria.
Olhei o envelope carimbado e fui tomada de vergonha. O que pensaria o moço dos Correios ( moço, modo de dizer, que ele bem devia ter a mesma idade que eu ) pensaria de mim? Uma velha com envelopes carimbados de corações. Parece criança. Que infantil.
Eu já estava ouvindo os seus pensamentos quando minha senha piscou no painel.


Se ao menos eu tivesse mais cartas para postar, poderia enfiar o envelope de corações por entre as outras. Mas não. Era mesmo somente aquele.
Com passos lentos me dirigi ao guichê e entreguei-lhe o envelope virado para baixo.
 - Carta simples, por favor.
Ele imediatamente virou o envelope dando de cara com o carimbo. Era preciso verificar o cep.
Ai, que vergonha.
Então, bruscamente ele me olhou e fez um gesto e disse com voz baixa "só um minuto".
Pareceu-me constrangido. Mesmo assim fez outro gesto pedindo que alguém se aproximasse.

Oh céus! Mais espera, mais demora para minha vergonha. Para piorar, um sujeito se aproximava. Certamente enxergaria a carta ali exposta aguardando o selo e o carimbo oficial.

O rapaz que se aproximou trazia uma grande caixa de isopor a tiracolo.
Tirou lá de dentro uma embalagem transparente redonda com um polpudo brigadeiro lá dentro.

O moço dos Correios pegou a embalagem, pousou-a ao lado dos coraçõezinhos, esboçou um sorriso e tirou uma nota de dois reais do bolso e pagou o sujeito que se foi.

Ficamos ali, eu, agora sem vergonha, o envelope de coração, o brigadeiro polpudo e o moço que estava visivelmente envergonhado!

Guardou o brigadeiro numa gaveta. Certamente dali a pouco iria pegar um papel para disfarçar, iria para os fundos e comeria seu brigadeiro, lambendo os dedos!

Parece criança carimbando envelopes.
Parece criança se lambuzando com brigadeiros!



14 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo e que todos os motivos pra se envergonhar assim doces e ternos fossem! Seria maravilhoso! Adorei te ler e enfeitar com corações mostra carinho e comer brigadeiros, lado infantil que nunca podemos perder! Parabéns aos dois,rs bjs, chica e lindo fds!

As Mulheres 4estacoes disse...

Brigadeiro, que delícia.
Carimbar envelopes, comer com gosto um doce...que linda maneira de alimentar a criança interna.
Um abraço,
Sônia

Felisberto N. Junior disse...

Olá,...adorei a sua crônica...sim, tem razão Ana Paula, cada um com sua "criancice"e digo: ainda bem! Só assim, seria permitido esse arroubo que temos , algo que só nós temos/fazemos, pois, vezes demais só a razão nos engana, temos mais do que o direito de recusá-la e , como diria Aristóteles, "o que nós mesmos fazemos não o proibimos aos outros",então que nos deixem fazer, sem ficarmos envergonhados!
...de "lá"...sim, deu tudo certo no aeroporto, apesar da timidez do maridão.
sim, boa continuação da minha postagem:um tímido com olhar "alvissareiro" e um beijo roubado...pensarei nisso!
Obrigado pelo carinho,feliz finde,belos dias,beijos!

Alê Passarim disse...

hahaha! adorei! Fiquei aqui imaginando a cena.
Em vez de burocracia, um brigadeiro!
Que bom ver duas "crianças" brincando em meio a rotina nossa de cada dia! :o)

Ana, quando eu posto envelopes coloridos adoro ver o sorriso da moça que os carimba. Para os funcionários mais atentos deve ser muito mais divertido carimbar envelopes coloridos ou com corações do que os aborrecidos envelopes sérios e brancos. :oD

Roselia Bezerra disse...

Boa Tardinha, querida Ana Paula!
Que tenhamos muitos e muitos motivos para termos esse tipo de vergonha... Valerá a pena voltar a ser crinça ou adolescente se não estamos fazendo o mal!
Bjm muito fraterno

Poesia do Bem disse...

Ainda bem que as criancices não vão embora de todas as pessoas, permanecer criança por dentro é fundamental para viver. Lindo texto, e eu adoraria receber a carta de corações

Carol Hermanas disse...

Que lindo ahgayhahahhaa :)
Texto inocente e repleto de sentimentos.
Amei :)(




beeijão ^^
http://www.carolhermanas.com.br/

Bia Hain disse...

Anaaaa, amei sua postagem!!!
Ainda mais eu que quase todos os dias vou ao Correio devido à loja... já disse que estou quase virando uma funcionária, kkk!!! Esse negócio de senha é assim mesmo, cada uma está associada a um serviço. Sempre digo à eles que daria menos confusão se usassem uma senha só, no máximo outra para prioritários. Os clientes costumam ficar bem nervosos quando percebem que sua senha não está andando, rsrsrs. Eles concordam, mas é norma dos Correios... paciência!
Esses dias uma colega do trabalho comentou sobre algo muito parecido, havia adquirido um moleton com ursinhos (tem quase 60 anos) e tinha vergonha de usá-lo. Sabe o que? Já me inspirou outro post, rsrsrs, quando eu escrever te aviso.
Por ora, digo: não se envergonhe de algo tão delicado e singelo jamais!
Abraços, muitos corações em sua doce semana!

Graça Pires disse...

Lindíssimo, Ana Paula. Gostei da forma como descreveu o que se passou. Eu também adoro corações.
Um beijo.

A Menina das Ideias disse...

Eles estão acostumados com envelopes com adesivos de coração. Eu recebia muitos assim da minha amiga mariana.

Cristiane Marino - Mulheres em Círculo disse...

Que graça, Ana Paula, vergonha por que?
Somos todos crianças...
Bjs

Toninho disse...

Oi Ana que bonita e deliciosa cronica, entre o lado quente do ser e a lado bom da vida.
Quente poder manter em nós esta especie juvenil que muito nos auxilia em momentos turvos e o bom poder se lambuzar com doces sem traumas, sem restrições de açucares.
Gostei amiga.
Meu abraço e uma bela semana abençoada.
Bju no coração.

Amara Mourige disse...

Ana, ótimo texto! Adoro corações em cartas e também brigadeiros! Acho que sou infantil!
Beijos
Amara

Carmem Grinheiro disse...

Vergonha boa =)

bjn amg