terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Advertência

O Ministério dos blogues adverte:

...

( blogar: muito mais do que escrever num blog; ler, comentar. interagir, partilhar )

O texto de hoje

O cachorro começa a se agitar - é hora de sair para uma voltinha. Cachorro de apartamento sabe como é.
Enquanto o cão se enfronha entre grama, folhas e árvores, uma mulher se aproxima sem esboçar sorriso, mas com um olhar cheio de ternura.

 - Você é a mãe do Bernardo?

Respondo confirmando e aguardo surpresa.

 - Eu sou a-pai-xo-na-da pelo seu filho - diz pausando o máximo que pode as sílabas.

Rapidamente puxo nos contatos quem seria.
Sem sucesso. Se eu a conheço não lembro. Mas se eu me conheço bem, eu realmente não a conheço.

Ela começa a falar entusismadíssima.
Eu, aflitíssima.

Resolvo interromper abruptamente e pergunto seu nome.

Ornela.

Ou Ornella.

Ornela...
Imediatamente se abre uma página em minha memória.
Lá está ela - Ornela, uma cadelinha fofa.

Enquanto a simpática Ornela fala mantendo no auge seu entusiasmo, eu fico me perguntando de quem é mesmo a Ornela de patinhas? Filha mais velha ou da mais nova; ou seria do filho. Acho que já vi uma foto no blog da netinha com a cachorrinha. Estaria ainda fazendo companhia aos humanos ou seria uma estrelinha a iluminar os céus?

Entre feira de ciências, teu filho ajudou muito a minha filha em matemática, eu vou tentando fechar as abas, as páginas da Ornela cãozinho e me concentrar, mas quem encerra a conversa é Ornela mãe da amiga de meu filho que nem guardei o nome e nem guardei o recadinho que eu deveria dar a ele...

Bem, o Ministério dos blogues adverte: blogar pode te colocar em saia justa, mas pode te fazer também transbordar de alegria!



10 comentários:

✿ chica disse...

Ah,Ana Paula!

Que coisa mais tão boa é blogar...

Me vi junto com teu cachorro se "enfronhando" na grama,rs...Uso essa palavra e tanta gente não sabe o significado...

E depois, apareceu a Ornela mãe, que te fez pensar na Ornela dos blogues...

Não sei se lembras no meu, mas aqui sempre a Ornela, vira- latinha do meu filho, que a salvou na rua, levou pra casa e só depois vimos que ela estava KINDER OVO,recheadinha de 10,rs...

E descobriste afinal a ligação dela com o Bernardo? Te conhecia bem e tu nada... Isso acontece mesmo!

Por essa e por outras que apesar de ano passado ter planejado parar, não consigo e estou com a corda toda novamente... Ainda bem! bjs, tuuuuuuudo de bom,chica

Pandora disse...

E eu ri pq realmente blogar é algo que transcende a virtualidade e se entranha na nossa vida cotidiana.

Poesia do Bem disse...

é mesmo verdade as vezes saia justa , as vezes encontrar quem seguimos e amamos virtualmente, tive o privilégio de em SP conhecer alguns deles. Que bom deu certo. Voltei com mil novidades e energia

Tina Bau Couto disse...

Estava Kinder Ovo foi a melhor parte
*Eu lendo o post e os comentários

Tina Bau Couto disse...

Links do real com o virtual e vice versa
E Bernardo, ornando os dois mundos

Amara Mourige disse...

Olá Ana Paula, ando tão desanimada para blogar.
Adoro blogar, mas não entendo o meu desânimo!
Beijos e um lindo domingo!
Amara

Graça Pires disse...

É bom blogar de vez em quando para partilhar com os outros as coisas que são nossas.
Uma boa semana.
Beijos.

Smareis disse...

Eu amo blogar Ana Paula, acho que são uns dos meus melhores momentos é quando estou no blog, atualizando, lendo comentários, ou retribuindo e fazendo novas visitas. E quando aparece alguém novato a agente se anima mais ainda. São 16 anos de blog, muitas coisas boas, e outras não tão boa assim, já aconteceram nesse tempo. Chega um momento que não mais pra parar... É só deixar a vida te levar nesse mar imenso.
Adorei o texto.
Uma boa semana!
Um beijo!

As Mulheres 4estacoes disse...

Olá, Ana Paula!
Eu gosto da interação que blogar proporciona, cada uma com uma visão diferente sobre um mesmo assunto.
Diverte, ensina, emociona.
Um abraço,
Sônia

Cristiane Marino - Mulheres em Círculo® disse...

Oi Ana Paula,
Estou voltando de férias e vim matar as saudades...
Como blogar é bom!
Bjs