sexta-feira, 14 de junho de 2013

Descobri tudo!

Na verdade, quase tudo.
Um, dois, três, gravando não é um comercial, é um filme!
Estão gravando um filme na minha rua.
Eu estava levando o Bernardo para a escola quando vi um objeto estranho identificado como sendo o mesmo que estava na gravação do carro de doces.


Não vi ninguém por perto. Fiquei enrolando um pouco, coloquei o Bernardo para fazer uma pose,


mas, como não aparecia ninguém, tivemos que ir para não atrasar na escola.
Mais tarde, no horário da voltinha vespertina com o cachorro, dei de cara com eles!
Oba!
Eles estavam gravando. Fiquei por perto, até que apareceu um mocinho.
Pedi, então autorização para uma foto.
"Claro, claro"- disse o mocinho.
"Vocês que estavam gravando um comercial outro dia?"
"Não, não é um comercial. É um filme, um média metragem."




"E eu sou o protagonista!"
Nossa eu estava bem a frente do protagonista. Fui aproveitando a oportunidade e perguntei sobre o  filme.
"É a história de um motorista de táxi que quer concorrer ao prêmio taxista do ano. O problema é que eu, personagem, tento fazer piadas, mas sou um fracasso, tudo dá errado quando tento ser engraçado. E aquele ali que está gravando é meu inimigo. O cara começou a trabalhar a pouco tempo e faz um sucesso tremendo com os clientes. Ele pode por em risco a minha conquista pelo prêmio."
"E o carro cheio de doces que estava ali outro dia?"
"É do meu pai mesmo. Ele trabalha com doces."
"Mas como os doces aparecem na história?"
"É que eu, taxista, já tive várias profissões que não deram certo por causa das minhas piadas, do meu humor estranho.

Quando eu ia perguntar o título, onde, quando, o final do filme e se havia doce de abóbora no carro, chamaram o protagonista para tomar conta da rua. Neste dia não tinha guarda.

Fica meu desejo de sucesso para eles! E a vontade de encontrá-los novamente e saber um pouquinho mais!
Beijo

12 comentários:

✿ chica disse...

E essa tua descoberta FALTANDO PARTES nos deixa curiosos por mais e mais. Daqui só podemos desejar sucesso para esse filme e produtores! Linda foto do Bernardo. Não tinha uma pontinha pra ele?rs beijos,chica

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, que legal! Nunca tive uma sorte dessas!
Beijo,
Manoel

Alê Lemos disse...

rss a historia não deixa de ser engraçada, mas já até posso imaginar o final com aquela lição de moral "seja vc mesmo!"

Rita disse...

Boa noite!!!
bem legal sua história o final é bom
felicidade ai sempre viu minhalinda
Abraços de um bom final de semana
Bjuss
Rita!!
♥✿♥

Amara Mourige disse...

Fiquei curiosa!Desejo que o filme tenha muito sucesso!
Já me deparei com situações desse tipo por aqui!
Beijos
Amara

Poesia do Bem disse...

Bom quando a gente descobre coisas...ehehhe

Moro em um Kinder Ovo disse...

Esta sua história está parecendo os filmes antigos de matinê de domingo que sempre parava na hora do "perigo do meio" e tínhamos que esperar mais um tempo para continuar a história. Fique de olho porque eles vão voltar.

Kellen Bittencourt disse...

Que legal Ana, sucesso p eles e tomara que vc encontre e veja o filme qdo estiver pronto e traga p nós! Bjoooos

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Menina...que história! Neste seu bairro e ruas acontece de tudo, adoro!
Marido meu me enrolou direitinho esta semana, mas se ele não for fazer o depósito do livro vou eu mesma...quero muito!
E te aviso pode deixar!
Beijos
CamomilaRosa

Patricia disse...

Nossa amiga, sua rua tá famosa, hein?
Vai aparecer em filme e tudo!
Vou ficar atenta, se ouvir uma história de filme de taxista te aviso. rs
Bjs e boa semana

Etienne disse...

Fiquei daqui, imaginando vocês conversando... e o personagem! Adorei, Ana! Bjs.

Tina Bau Couto disse...

Já companhei gravação de meu irmão e da Plano 3 e é muito legal. Tudo tão comum e tão mágico ao mesmo tempo.

É muito legal tb assistir as coisas com esse olhar de como foi feito.

Interessante que muita gente deve ter passado e muita nem ter percebido, nem ter tido curiosidade encantamento de marcar aquilo em seu dia.

Bom vc ter marcado e compartilhado e conversado com alguém do filme e Bernardo ter participado dessa investigação.

Talvez vc tb tenha feito diferença no dia desse rapaz ou de toda equipe.
Fomos notados!
Quem sabe em seu blog o rapaz não disse: Fui abordado por uma pessoa muito legal que passou e se interessou por nosso trabalho.

O pai dele vende doce?
Boa pedida para puxar mais papo, pergunte onde, compre doces com o pai dele e diga que conheceu seu filho artista (encha a boca e alargue o sorriso nessa hora da palavra artista).
Vc vai encher a bola do garoto, encurtar distância de mundos, adoçar o dia do vendedor de doces e o seu com essa revelação e talvez o do rapaz que qd o pai chegar em casa e contar, vai se sentir famoso.

Descubra o nome do média, quem sabe fazemos uma ponte com Plano 3 e essa turma. Quem sabe o filme sobre esse taxista de popularidade de acaça e sentimentos de paçoca vá parar em nossos blogs. Quem sabe sua rua, sua casa, Bernardo vire um maquinista e Julia uma tocadora de violão nas lentes do cinema um dia.

Descobrir coisas,imaginar, se encantar, compartilhar.
Adoçou meu dia essa leitura, esses papear, comentar, trocar historias vividas, sugeridas e imaginadas.