domingo, 16 de junho de 2013

Uma imagem 140 caracteres




Sentiu o cheiro, o toque apertado, a respiração. O que significava? Era tão real mesmo sendo apenas um sonho. Ela estava morta.

Minha participação na 11 edição do projeto Uma imagem - 140 caracteres promovido pelo Christian do blog Escritos Lisérgicos

24 comentários:

Rosa Branca disse...

triste...mais muito criativo, adorei.
Um abraço carinhoso

Paty Alves
Ágape Amor Verdadeiro
Patyiva
Vou Conseguir

✿ chica disse...

Nooooooooooooossa! Foste fundo!Adorei!beijos,chica

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
O seu post me remeteu ao que o próprio amor encerra: mesmo depois de morto exala vida!!!
Seja muito feliz e abençoada!!!
Bjm de paz e bem

VERINHA TIBURSKI disse...

Oi Ana.
Nossa Ana, foi intensa sua participação. Quando o amor é maior nada impede de sentirmos a presença da pessoa amada, nem a morte.
Lembrei-me de um fato que sempre sinto o perfume de minha avó quando algo difícil acontece aqui em casa. Uma vez minha Gabi estava muito febril e quando entrei no quarto dela para dar o remédio senti o perfume dela invadindo o quarto.Foi muito comovente.
Amei sua participação, emocionante.
Um abraço bem apertado.
Uma linda semana.
Beijos.

Clara Lúcia disse...

Uiaaaa....

Me deu um arrepio....
Perfeita!

Beijos

pensandoemfamilia disse...

Nossa! Forte e profundo.
Parabéns. Grata pela visita. Volte sempre.

Calu disse...

Pode sim acontecer, a presença forte do real imaginado;consolo da dor, conforto pr'alma.
Vc sacudiu os alicerces na interpretação da imagem, Ana.
Boa semana.
Bjkas,
Calu

Pandora disse...

Ai que dor!!! Esse mini conto doeu em mim!!!

JAN disse...

UUUIII, Ana Paula!
Bateu forte lá no fundo.

Abração
Jan

Ivani disse...

Ana, já vivi isso, até comentei no blog.
Fiquei impressionada com sua interpretação, tão rápida e perfeita.
um beijo querida.

Lúcia Soares disse...

Ana Paula, lembrou-me meu irmão, que se foi em setembro, e a quem abracei muito, mas já nos seus últimos anos. Senti o beijo dele em minha testa. Senti seu abraço, seu perfume.
Beijo e boa semana.

MeandYou disse...

Ana Paula,
Você foi além da imagem, querida Ana Paula, muito sensível sua interpretação.
um super abraço carioca

Christian V. Louis disse...

Ana, interpretação incrível, sem palavras para definir. E quantas pessoas aqui, comentaram e se identificaram! Isto é ser escritor, atingir o leitor.
Meus muitos parabéns! Foi de uma sensibilidade ímpar sua participação.
Abraço e boa semana.

Moro em um Kinder Ovo disse...

O final me assustou! Mas o amor que sentimos permanece sempre, está presente e o sentimos.

Ana Bailune disse...

Forte!...

Anne Lieri disse...

Nossa!Um abraço transformado num conto de suspense!Super criativo,Ana!bjs e boa semana,

Kellen Bittencourt disse...

Que triste, mas acontece, as vezes sonho com o abraço da minha mãe, é tão real que acordo assustada, já aconteceu várias vezes! Bjooosss

Flor de Liz disse...

E deu pra colocar-se no lugar da imagem. Que dor! rs

Obrigada por ter passado novamente lá no blog para deixar um carinho, foi especial pra mim! *-*

Beijinhos.

http://oiflordeliz.blogspot.com.br

Mari B. disse...

Triste, lindo e real!(Ainda essa noite sonhei com minhas duas avós, e elas estavam ali, vivas, na minha frente.. quase pude sentir o perfume que uma delas usava. Que vontade de dar um abraço,e saber que não posso mais fazer isso nesta vida!)

Alê Lemos disse...

Ai que triste! eu jurava que ele ria por um motivo feliz... mas ótima interpretação, afinal somos tão contraditorios que uma imagem que mostra felicidade para alguns pode no fundo trazer melancolia e tristeza.

Luciana Souza disse...

Oi Ana Paula
Nossa, que forte a sua interpretação da imagem! Gostei muito!
Bjos.

Tina Bau Couto disse...

Sabe que sinto cheiros diversos, no ar, sem aviso, sem ter o que exala aquele aroma presente no local.

Sentir a respiração, cheiros, que lembram, cheiros que não estão no ar, toques, dejavu´s, tudo tão real, sonhos? Acho que não, eu chamo de lembranças, ainda vivas. Pessoas que morrem e se vão? Não! Pessoas ausentes, mas presentes.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, muito criativo seus 140 caracteres. Dá uma pancada forte na gente. É sinal que sua comunicação está penetrando a nossa mente.
Valeu, amiga querida.
Beijo
Manoel

Os Mosqueteiros! disse...

Preciso falar algo?... De alguém que já viveu isso na pele?...

Bjos e bençãos.
Mirys
www.diariodos3mosqueteiros.blogspot.com

PS: Ana, como eu faço pra participar dessas blogagens coletivas??? De quanto em quanto tempo???