terça-feira, 10 de junho de 2014

23/52


Não é preciso abrir mão de nossas urbanidades para levarmos uma vida simples. O simples não depende do que você tem materialmente. É no nosso interior que a simplicidade habita.


13 comentários:

✿ chica disse...

Linda foto e mensagem.Concordo!!! beijos,tudo de bom,chica

.maysa. disse...

Essa foto é exatamente o que vivi na infância Ana Paula. Não deixo de passar aquilo que aprendi e aquilo que acredito ser o certo para as minhas filhas, a verdadeira felicidade está nas coisas simples dessa vida...

Beeeeeijos

Tina Bau Couto disse...

Assino embaixo e quero salada :)

Calu B. disse...

A equilibrada mesclagem desta duas vivências são retratos duma cotidianidade bem aproveitada.

Muito viçosas estas alfaces, hum!!
Bjkas,
Calu

JAN disse...

Oi, Ana Paula!
Concordo com você em gênero, número e grau. E ...alface;-)

Abração
Jan

Gracita Fraga disse...

Oi Ana Paula
Perfeito e verdadeiro.
Que belas hortaliças. Hummmmm!!! Gostosura pura.
Beijos

Poesia do Bem disse...

Me sinto feliz em poder mostrar a Alice essas simplicidades e tbm sofro aqui com ainda mentes fechadas

manofernandes disse...

Ana Paula, concordo em gênero e número.
Beijo,
Manoel

Moro em um Kinder Ovo disse...

O que eu encontro nesta horta? Na minha janela só tem temperinhos mas eu aproveito muito

Cristiane Marino disse...

Nossa, Ana Paula, amei este seu post!
A foto e o texto ficaram tão harmoniosos…essa tem sido e minha busca…
Bjs e ótimo final de semana

Pandora disse...

Isso é verdade, o simples não depende do que se tem materialmente é mais uma coisa ligada a forma de ser e aos desejos que a gente tem. Adorei tua orta!!!

Beth/Lilás disse...

Você disse tudo, Ana Paula, pois eu não aguento ver gente falando e confundindo simplicidade com riqueza.
Afinal, as pessoas que têm podem ser simples nas suas essências, né mesmo?
beijinhos cariocas

Graziela disse...

"E' no nosso interior que a simplicidade habita." Amei e concordo plenamente.
A foto esta' linda.
Gra'