segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Um presente, uma celebração

Nas proximidades do Natal, chegou-me um pequeno texto que me fez brilhar os olhos.
Pensei em transcrevê-lo naquelas semanas de compras, correrias, para refletirmos sobre o significado de um presente.
Desisti.
Eu não estaria sendo verdadeira, uma vez que não faria nada daquilo que teria escrito.
Entrei no meio da correria, da confusão das ruas e lojas, do consumismo.
Presentear é algo que eu desejo realmente melhorar.
Não quero presentear a partir de listas, ou como tenho feito aqui em casa, a partir de necessidades - um tênis de presente porque assim já fica para a escola...
Quero presentear como o texto que me chegou.
Quero presentear como o presente que me chegou e já já conto sobre ele!

[...] Os americanos construíram uma base no próprio polo Sul. Cientistas e equipes de manutenção moram ali por meses a fio, completamente isolados do mundo. Houve um ano em que noventa e nove pessoas comemoraram o Natal na base. Uma delas tinha levado noventa e nove pedras e as distribuiu como presentes de Natal, guardando uma para si. Ninguém  via uma pedra havia meses. Alguns não as viam fazia mais de ano. Nada além de neve, gelo e objetos criados pelo homem. Todos ficaram parados, sentindo a pedra entre os dedos. Segurando-a na mão, sentindo o peso, sem dizer nada. *

E foi de maneira surpreendente que chegou um recado avisando-me que, ela, uma blogueira querida havia se deparado com algo que tinha tudo a ver comigo, era a minha cara. Não hesitou em comprar e me presentear, assim sem motivo, sem datas especiais.

O carteiro seria o responsável por trazer-me a preciosidade!




Ah! Que especial foi abrir aquele pacote!
Fui presenteada com significado! E amei cada detalhe, do recado, a espera do correio, a vontade de abrir tudo rasgando pacote feito criança, mas queria fotografar para dividir a alegria aqui!

Então com essa alegria quero celebrar com vocês o sétimo ano do blog.
Nestes sete anos tanta coisa se transformou. Aqui já foi uma varanda, uma sala cheia de visitas no meio da tarde, e eu oferecendo café, chá e suco. Correndo nas vizinhas também para um dedo de prosa, ou uma escuta demorada.
Seguidores, comentários, blogagens coletivas, polêmicas, incômodos, alegrias maiores que tudo.
Desanimei, parei um tempo por motivos além de minha vontade, percebi que parando, a gente vai perdendo a mão.
Já fiz críticas aos que trocaram essa agradável praça por outras. Hoje compreendo, e hoje também vejo o quanto gosto desse ambiente, desse formato, dessas pessoas que aqui perseveram.
Os anos nem importam mais. Importa a continuidade ( mesmo que minha frequencia aqui seja descompassada! )

Quando comecei com o blog, sentia realmente que aqui era um espaço virtual, apenas isso.
A convivência foi me enriquecendo. Aprendi a aplaudir ideias de afinidade, a respeitar e refletir nas ideias divergentes. Fui aos poucos percebendo o jeitinho de cada um e o que era virtual, expandiu-se para um calor, uma vontade de abraçar!

E as costuras que nos unem de um blog a outro são incríveis!
Meu presente foi feito à mão por um outro blog que eu adoro estar!
Nunca imaginei que o mundo é pequeno aqui entre os blogs também, e hora dessas a gente se esbarra e se abraça e celebra a alegria que os blogs nos proporcionam!


Leitores queridos, é muito bom essa partilha por aqui!

10 comentários:

Calu B. disse...

Ana,
___Vc pode ver daí meus pulinhos de contentamento? Se aí estivesse um abraço comprido diria mais que as palavras.Gosto de objetos significativos, aliás, esta é uma das minhas tendências: bater os olhos em algo que traz um nome querido gravado em néon invisível pros demais.Foi assim e, aí está ele, a quem pertence.
Imagino quantas preciosas palavras e outras "cositas mas" ele abrigará em suas páginas.
Tenho certeza de que ele chegou pra ficar. Sejam muito felizes!

__Vanessa, vc é arteira/artista/ artesã de mão cheia!

Um abraço festivo,Ana.
Bjo,
Calu

✿ chica disse...

Que coisa linda essa história dos presentes de Natal. E que lindo presente ganhaste da Vanessa. Lindo demais e é mesmo bom ganhar presentes assim...Valeu! beijos às duas e tuuuuuuuuuuuuuuudo de bom! Ah! parabéns pelos 7 anos do blog que eu adoro! E adoro blogar também! Muito feliz que estás bem animadinha! beijos, chica

Roselia Bezerra disse...

Ola, querida amiga Ana!
Sei o sabor que tem a visita do senhor carteiro... e deslumbrante um mimo apontar para nosso coracao!
Tanto e gostoso receber como doar...
A alegria tem aquele gostinho delicioso de infancia do papai Noel...
Seja muito feliz e abencoada!
Bjm de paz e bem

Roselia Bezerra disse...

Parabens pelos 7! Venham outros com a mesma paz e alegria!
Bjm festivo

Poesia do Bem disse...

Ana já disse e repito eu amo te ler, sou feliz pelo teu blog que nos transmite reflexão, paz, amor. Muito bom te acompanhar. muitos anos pro blog. Lindo presente de amizade

Graça Pires disse...

Parabéns pelos 7 anos do seu blogue. Gosto de passar por aqui. Maravilhosa a história que contou.
Uma boa semana.
Um beijo.

Fatinha disse...

Lindo seu texto. Emocionante. Parabéns pelos sete anos do blog.
Continue nos divertindo com seus belos textos, sim pq leitura para mim é diversão.
Bjo grande.

Pandora disse...

"Os ano nem importam mais. Importa a continuidade..."

É muito bom para mim também essa partilha. Parabéns Ana e obrigada por permanecer compartilhando a vida conosco.

Vane M. disse...

Aaaaaaa, mas que surpresa boa eu tive aqui!!!!!! Puxa, ando tão ausente da blogosfera, ainda bem que parei hoje para algumas visitas e me deparo com essa belezura de texto!!!!! Não sei nem o que falar, rsrsrs!

Quanto recebi o pedido da Calu e vi o nome Ana Paula, suspeitei que era para você, mas não tinha certeza. Que bom que gostou e que o carinho chegou até você!!!

Curiosamente hoje meu texto também fala sobre pedras! E sua partilha me fez lembrar que o ano mais significativo em termos de presente para mim foi no aniversário de 40 anos, em que pedi para um escrever uma carta ou cartão. Os presentes foram usados, mas os cartões estão bem guardados e tem uma especialidade única.

Muito obrigada pelo carinho, encheu meu coração de alegria! Grande abraço!

Cristiane Marino - Mulheres em Círculo® disse...

Ana Paula, sete anos!!!
Como passa rápido... Parabéns!
Adoro seu blog, seus textos me tocam a alma.
Que história linda...
Já te contei que sou apaixonada por pedras? Tenho uma ligação forte com elas e vou colecionando um monte aqui em casa, em cada lugar que visito uma pedrinha me chama...Sinto que nos conectam com uma energia ancestral, com algo que resiste ao tempo.
Adorei o blog que você indicou no final, não conhecia.
Como é gostoso receber um carinho assim. Imagino sua alegria
Grande abraço com carinho