sábado, 12 de maio de 2012

Ser mãe

É maravilhoso ser mãe e por um período poder educar, criar, ensinar, amar ( sempre ).
Ao lado desta linda palavra - maravilhoso - ocorrem momentos sem nenhum encanto, aqueles onde é preciso corrigir, endurecer a voz. E é difícil vê-los chorar, mesmo que necessário.
Mas, quando ganhamos aquele sorriso, aquele beijo inesperado... são os nossos olhos que se enchem de lágrimas.
Lágrimas de amor.


Esta semana, eu e a Júlia tivemos um momento difícil. Foi uma tarde de choro e silêncio.
Quando coloquei-a para dormir e lhe desejei uma boa noite, ela me disse: ah! bem agora me aparece um poema...
Eu disse que ótimo! Peguei papel e caneta e anotei:


Quando choro
aquelas lágrimas
escorrendo pelo meu rosto
dá para ver que vai passar
e que não vai passar dor
para o nosso coração
E aí um sorriso
irá se abrir
dentro do seu coração.

Júlia


Então, compreendemos, que ser mãe é assim: quando se educa com amor, o coração dos nossos filhos sabem que lhe queremos o melhor.

E como é maravilhoso gargalhar, em qualquer hora, em qualquer lugar, até a barriga doer!


O mundo é feito de mães. O mundo é feito de flores.
Pegue uma aí! Se não puder abraçar, relembre com uma flor no coração um lindo momento que teve com tua mãe.
Beijo.




11 comentários:

Su disse...

que lindo... me emocionei com o poema da Júlia, que linda, que alma sensível assim, ainda tão pequenina...

margaridas são flores encantadores, doces... já levei a minha, obrigada e pra ti também um lindo dia das mães...

beijinhos.

Su.

✿ chica disse...

Júliaé fabulosa e tem bem a quem puxar,não?

Lindo poema dela, bem na horinha de dormir,rsrs

E temos mesmo momentos de educar e neles, tantas vezes, confusões, temos que nos impor. Mas bom é que eles entendem que é para o bem!! beijos às duas e pra ti, um lindo, amoroso ,dia das mães! chica

Ivani disse...

Já peguei minha margaridinha, adoro! vou guardar no coração.
Amei o poeminha da Julia, tão cheio de verdades.
Ela é ótima, e tão linda.
Voce está uma gata na foto com o Bernardo. os dois lindões!
A Julia tem os seus olhos, grandes e expressivos.
Tenha um lindo dia das mães junto com essas crianças maravilhosas.
Um beijo com muito carinho, para todos.

Tina disse...

Para vc e suas jóias, tdas flores, cores, aromas, passarinhos, borboletas, minhocas, folhinhas, brisa, sol, chuvinha e amor, desse simples, valioso e incondicional.
Vc é um encanto de pessoa e um exemplo de mãe.
Bjo e meu carinho :)

Aleska disse...

Uma flor pra vc tb Ana! Mais um poema fofa da Julia^_^ parabéns por ser mãe de crianças tão boas. beijos!

Graziela disse...

Àna Paula, uma flor para voce e uma para mim.
Feliz Dia das Maes, todos os dias.
Abracos e otima semana!
Gra

Lacorrilha disse...

Isto não se admite, até me escapou uma lagrimita. Poema mais lindo. E lindos os teus meninos, Ana Paula. Parabéns.

Adriana Engelmeyer Bouzan Lopes disse...

Para já,,,mm,esta escorrendo uma lagrima agora.....estou sentimental hoje amiga....que lindo post

disse...

Que lindo! Espero que seu dia tenha sido realmente especial. Beijo enorme.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, em primeiro lugar, ainda que com certo atraso, um maravilhoso Dia das Mães para você, mãezona maravilhosa.

Esta postagem é um bom testemunho de como nossos filhos entendem que sempre queremos o melhor para eles. Linda a expressão da Júlia. O bernardo nem poderia ficar para trás rindo até a barriga doer. A ligação com as flores foi genial.
Beijo
Manoel.

Compartilhando Sentidos disse...

Oi Ana... Que delícia de post! Doce como você e a Júlia. Adoro rir com minha mãe até a barriga doer...

Sempre é dia de parabenizar as mamães!


bjbj