segunda-feira, 11 de junho de 2012

O tempo

Quanto tempo, não é?!
Sabe, a gente fica um tempo sem postar e parece que enferruja, perde o jeito. Mas com o tempo, tudo vai voltando ao normal e assim que eu tiver com um pouquinho mais de tempo, retomo as visitas, a rotina virtual.
Não pensem que todo esse tempo que eu fiquei ausente, eu fiquei tomando chá de nuvem. Não, nada disso. Foi preciso mesmo um chá de alho e dos fortes. A gripe me pegou de jeito. Fazia tempo que eu não ficava gripada. Ah! Mas eu adorei todo o carinho que vocês me enviaram na postagem do chá de nuvem. Sempre que tinha um tempo, corria lá para ler. Uma delícia. Até biscoitinhos para acompanhar o chá eu ganhei! Como a gente vai ampliando e criando amizades agradáveis com um tempo de blog. Há muito tempo atrás, quando eu comecei, nunca imaginei que seria assim.
Bem, na verdade foi até bom eu não ter escrito nada durante a semana que passou, porque o único assunto que eu teria para falar seria exatamente como conversa de elevador:  "nossa que tempo hein? quando será que vai parar de chover; nunca vi tanta água".
O tempo aqui em São Paulo fechou na segunda-feira passada e choveu todos os dias. Parou ontem, domingo. Ninguém queria assistir à previsão do tempo porque não mudava - tempo chuvoso na capital paulista. E ontem o tempo finalmente abriu. Já era de tarde é fato. Mas sempre há tempo para um pouco de sol. Todo esse tempo de dias cinzentos vai afetando o humor da gente.
E depois de tanto tempo sem escola por causa do feriadão, começa novamente a rotina. Mas a gente olha no calendário e nem acredita como o tempo está voando. Mais três semanas de aula e chega o tempo da férias. Tempo de descanso, passeios, não fazer nada, querer fazer tudo ao mesmo tempo...
Eu nem acreditei no céu que vi cedinho. Lindo, parecia uma pintura. Fotografei para mandar para a Chica, mas aí não deu tempo porque já era hora de levar a Júlia para a escola. O tempo de tolerância para atraso são só cinco minutos. Achei melhor não arriscar. Então agora que estou com tempo, coloca as fotos aqui mesmo:







Achei que esta maravilha nos céus fosse prenúncio de tempo firme.
Enquanto arrumava os quartos e vi a luminosidade adentrando a vidraça, comecei a me encher de ideias para um texto ou uma poesia.


Na réstia de sol que adentra cantando
e faz bailar com leveza as ínfimas partículas de poeira
Quando o tempo muda para onde vão?

Nem tive tempo de pensar em poesia e fui sobressaltada por um trovão e só deu tempo de recolher a roupa do varal e olhar desencantada para o céu que numa ínfima fração de tempo virou em chuva novamente.
Nossa! Que tempo é esse? Fazia tempo que eu não via tanta água.
Ah, olha eu com conversa de elevador de novo. Melhor dar um tempo nesse assunto de chuva que já está ficando repetitivo.

14 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo e bom te ver! Sentimos tua falra,claro!! E os céus, já levei e amanhã estarão por lá!!

beijos,obrigadão,chica

Patricia disse...

E que chuva!
Estive em SP nos últimos 15 dias, e que frio que passei! rs
Hj de volta ao Rio já sentimos o sol quente a brilhar logo cedo, adoro calor, mas agora na hora do almoço chegou a chuva. : (
Como cai água desse céu!!! rs
bjs

Tina disse...

Salve quem estava ausente mas ainda sim presente do lado de dentro do coração.
O sol só te deu um piscadela, clima de dia dos namorados entendeu?
Mas se aperrei não que ele volta.
E vc tb volta ao ritmo das postagens e eu volto aqui depois de novo pra comentar e trazer carinho.
Beijos e uma boa semana pra vc e tda família querida :)

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, que saudades da menina! Continuando a conversa de elevado, aqui aconteceu a mesma coisa com o tempo. Nem deu para acreditar. De uma hora para a outra virou noite aqui na terrinha.

Para curar bem o resfriado, "chá de nuvem" com limão, rs...rs.
Beijo
Manoel.

Ivani disse...

Oi querida, saudade de você!
nem me fale em tempo feio, tenho a sensação de que meus pés estão ficando verdes!
quanta água!
e hoje à tarde aconteceu a mesma coisa por aqui, o tempo mudou rapidinho.
também estou resfriada, tosse, que saco isso!
Vou fazer a receita do Manooe rsrsrs
Bom ler voce novamente, as fotos estão lindas mesmo.
espero que tenha sarado da gripe, ô coisinha chata!
Beijos Ana, seja bem vinda a esse mundo de gente que não tem tempo, mas acaba dando um jeitinho de se falar.
Vê se não some de novo!

Ivani disse...

Ana, deixa eu corrigir o nome do parceiro Manoel...vai desculpando!

mfc disse...

Que bom ver-te de regresso!
E logo com um texto fluido escrito ao correr da pena, exibindo a facilidade (aparente) das coisas bem feitas!
Ahhh.... e as fotos!! Que beleza!
Só foi pena mesmo a chuvada...
Beijinhos, Ana Paula.

Angi disse...

Oi amiga querida,
Sinto saudades do tempo que tinha tempo,não muito,verdade,mas mais tempo do que tenho agora!
Até o guri ir para escolinha e eu me organizar,acredito que será assim.
Um beijão para vocês e melhoras da gripe...

Carolina Lima disse...

Ana,
depois de um tempo ausente: estou de volta! E como você disse parece que voltamos enferrujadas, mas nada que o tempo não resolva!

Estava com saudades de ter tempo para poder dedicar ao meu blog e ler as postagens das amigas! Que o tempo continue ao meu favor e que eu tenha tempo para fazer tudo!

Adorei as fotos! Lindas, lindas, lindas. Parecem pinturas.

Beijinhos :**
Carol
www.umblogsimples.com

Rafaela disse...

que bom que voltou!!
beijos

♫*Isa Mar disse...

Oi Ana, que lindos esses céus pena que o sol não fez morada por aí.
Aqui o tempo ficou feio mais de 15 dias, hj que abriu um solzinho tímido á tarde.
Estou torcendo pra que pare essa chuvarada, sou do sol, sem ele entristeço, minha alma fica constrangida.
Aquela foto é da Praça Osório e tirei outras, mas deixei pra ir postando aos poucos, assim como de muitas flores e lugares que tirei.
Beijos pra ti com carinho!

Laiz disse...

Ana estava com saudades! Eu sumida daqui e você daí!!! Que céu lindoooo e foto maravilhosa! Amei! Bjoo grande

Graziela disse...

Ana Paula que bom saber que voce esta melhor.
Sabe que por aqui tambem fez 2 semanas de chuva seguida... Sao Pedro acho que resolver deixar todo o mundo igual, assim seria mais facil e menos trabalhoso. Mas eu quero a Prima Vera, adoro-a...
Adorei suas fotos do seu, eu amo fotos do seu... elas sao sempre tao encantadoras.
Agora o tempo, esse ja' nem tento mais entender... e nao estou falando do tempo/ clima nao (esse tambem nao da' mais para entender) mas falo do tempo do relogio, das horas, dos dias... julho ja' vem vinho e daqui a pouco Natal, N-A-T-A-L.
Que medo.
Abracos
GRa

Riosul disse...

É no lado de fora do coração que encontramos alguém aonde podemos compartilhar todas as nossas vontades, alegrias, emoções ...
São as que se alojam no lado de dentro do coração nos fazendo um bem danado... Saber o que temos em nosso coração e poder ser, compartilhar com alguém ou outros alguéns no lado de fora do coração é muito bom, por isso a sigo, venha me seguir também

Abraços,
RioSul