domingo, 30 de setembro de 2012

Marido e mulher - diálogos

Marido, apressado para sair para o trabalho, espicha o olhar pela grama e encontra um corpo vegetal estranho.


- Querida, por favor arranque aquilo que está brotando na grama.

Ao retornar, embora com o céu já escuro, marido enxerga que aquilo ainda está lá na grama.
- Querida, você que tanto aprecia "O Pequeno Príncipe", ao acaso não se lembra que o principezinho arranca todo e qualquer baobá que nasce em seu planeta? Então...
Então ele está querendo me seduzir com literatura e um dos meus livros favoritos?
- Pois este é um ponto de discórdia que tenho com o principezinho. Gostaria imensamente de ter um baobá imenso no meu quintal.


- Um baobá tão imenso - prossegui - que com seus troncos-braços ergueria nossa casa lá para o alto e então eu poderia dizer que tenho uma casa na árvore!


- Tão alto, tão alto estaríamos, que a fumaça fumegante de nossas xícaras de café iriam se misturar com as nuvens que ali adentrariam para dar um bom dia. E as notícias matinais chegariam no idioma dos pássaros, então teríamos somente boas notícias toda manhã...
- Não seja boaba que isso não é um baobá - diz marido me vendo passarinhar em devaneios - isso aqui é bambu.
- Pois agora sim que não arranco. Quero um bambuzal no meu quintal. Quem sabe ali, faça morada o saci.


Ai que medo!

12 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

rsrsrsr, que legal Ana, mas será que aquele corpo vegetal vai virar tudo isso rsr só desobedecendo o marido e deixando crescer p saber rsrsr! Adorei! Bjooossss

Santa Cruz Diácono Gomes disse...

Ana Tudo é possivel adorei o teu texto.
Beijos
Santa Cruz

Hilsa Camargo disse...

Risos... ótima historinha : )

Beijocas

www.vidabonita.com.br

Mariacininha disse...

Ah, que legal! Gostei da história e dos seu blog. Obrigado pela visita, vim retribuir mas resolvi ficar.
Beijos

Mariacininha

✿ chica disse...

rssssss...muito legal esse papo!!beijos,tudo de bom,linda semana,chica

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, no ponto de vista dos baobas também estou em desacordo com o pequeno príncipe. Eu adoro tudo o que é planta. Até o "mato" , se a gente cuidar direitinho, fica bonito e viçoso.
Enfim tenho que ter jogo de cintura para saber que nem todos os gostos são iguais, mas já plantei tantas árvores (em praças da cidade),tem algumas em crescimento, que ainda estou cuidando.
Cuide de seu "baoba ou bambuzal". A natureza e o planeta agradecem sua iniciativa.
Beijo
Manoel

Christian V. Louis disse...

Penso que a única saída é esperar para ver no que vai dar. O importante é tomar decisões que são suas e firmar-se nelas e isto, pelo que vejo, você o faz muito bem.

=> CLIQUE => Escritos Lisérgicos...

Patricia disse...

Tb acho que tem que esperar crescer para ver o que vai dar!
Já tô curiosa.
Bom, com essa planta crescendo aí, quer dizer que vc tem regado a grama direitinho, né?? rs
Bjs

Tina Bau Couto disse...

Adorei!
Tb queria um baobá em meu quintal e bambus também, sem sacis de preferência:)

Ana Virgínia disse...

Que texto gostoso Ana Paula.

Eu também queria ter baobás no meu quintal e também teria os mesmos desvaneios que você... construir minha casa sobre ele...

rs

bjo e boa semana

Ana Virgínia
filhadejose.blogspot.com
fotosdequinta.blogspot.com

Kinha disse...

Só rindo, rs

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Adorei!!!!

Beijos

Selma