sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Árvores da minha vida

Todos os lápis que eu usei
o berço que me embalou
as portas em tantos endereços
que se abriram
que abrigaram
que protegeram da ventania

Tanta fruta
tanta flor
sombra repousante
Tanto ar que se respira
que já foi respirado
por tantas árvores
em tantos continentes
Cada árvore
um palco
sinfonia da passarinhada


11 comentários:

Tina Bau Couto disse...

Amei, amei, amei \o/

Kellen Bittencourt disse...

Eita mulher poetisa, adorei, um encanto! Um ótimo final de semana amiga! bjinhosss

✿ chica disse...

Maravilhoso!!Adorei!beijos,chica

Ivani disse...

Que beleza Ana, lindíssima homenagem!
Palavras belas, cheias de emoção e reverência.
Parabéns poeta, lindo seu poema!
beijos amiga, bom fim de semana.

Marcilane Santos disse...

Lindo, lindo, lindo!

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, adoro a sinfonia da passarinhada.
Beijo
Manoel

Alê Lemos disse...

Seu poema sobre árvores é lindo. me deu vontade de novo de organizar uma blogagem coletiva sobre meio ambienta. na verdade a ideia renasceu quando li o post da jan,mas o seu tb reforçou a ideia. quem sabe não conseguimos organizar uma ação coletiva em prol da natureza através da blogagem? aiaiaiai hehhe lá vou eu com as minhas blogagens...

REINVENTANDO disse...

O seu texto só faz eu refletir a importância de cuidar da natureza. Bjs.Sandra

Graziela disse...

:+)
Abracos querida!
Gra'

Kellen Bittencourt disse...

Amiga, passando p deixar um abraço e desejar uma boa semana! Bjinhossss

Carolina Lima disse...

Ana,
posso usar essa poesia em uma postagem?

Beijinhos :**
Carol
www.umblogsimples.com