domingo, 1 de fevereiro de 2015

Amor de avó


Foi a capa que me fez comprá-lo.
Entrei no site da livraria para pesquisar um outro livro, e na página inicial estavam as sugestões e lançamentos em imagens pequenas.
Essa me chamou a atenção e o comprei.
Até hoje fico pensando na capa...
A história é dessas que não aparecem muito na literatura: temos os amores, as paixões de gente jovem e as separações,  divórcios e seus enredos de superação como em Comer, Rezar, Amar.
Aqui é uma avó que se apaixona.
Uma avó que leva sua netinha ao parque em algumas tardes da semana para ajudar a filha que trabalha. Nesse parque ela encontra um também avô a passear com o neto.
Entre os conflitos que ela está passando em seu casamento, a dúvida em mudar-se de cidade para levar uma vida mais pacata e de repente, naquele corpo de sessenta e poucos anos a paixão reacende por outro homem.

Nos tempos em que vivemos, onde uma mulher de sessenta anos pode estar tão bem quanto uma de quarenta, e tempos esses que vivemos mais e com muita lucidez, vivacidade por que não o amor, a sensualidade, o sex, a paixão?
Um livro que merecia estar nas listas dos mais vendidos e lidos e cinzentos títulos.
Beijo!

8 comentários:

✿ chica disse...

Ana Paula, a capa também me "chamaria" e o enredo, parece mesmo muito legal! Engraçado livros assim ,não estarem entre os badalados,né? beijos, lindo fevereiro e tudo de bom,chica

Pandora disse...

E eu nem conhecia o titulo. E olha que por força de fazer parte de um blog literário sou obrigada a circular por milhares de blogs que só falam de livros... Fiquei interessada... A capa é realmente linda!

Claudia Forte disse...

Meu blog: http://claudiaforte.zip.net/


Olá, boa noite!
boa dica, fiquei super curiosa, o livro parece ser muito bom. lindo o seu cantinho, beleza e conteúdo é o q não falta por aqui. tenha uma semana abençoada!bjs:)

Luma Rosa disse...

Oi, Ana Paula!
Engraçado foi que li o título e fiquei olhando a imagem. Pensei: Que capa linda, que delicadeza de folhas e a copa em forma de coração... e daí leio a sua primeira frase do post. Pois não é?
O amor não tem idade... Só não sei se a paixão pode ser contribuída. Ou seria o contrário? (rs*)
Anotado o título!!
:)
Obrigada por participar do aniversário do "Luz" e pela companhia nesses anos...
Beijus,

Janaína de Souza Roberto disse...

Olá, Ana, tudo bem?
Li no ano passado "Comer Rezar Amar" e adorei. Caramba, achei a premissa de a senhora se apaixonar incrivelmente interessante. Quero ler! rs...

Beijocas,
Blog | Youtube | Instagram

Ember Blue disse...

Esse livro é um sucesso :)
Beijinhos*

Poesia do Bem disse...

Gostei de conhecer ana. a capa é mesmo linda e a história tão moderna, foi-se o tempo que as avós ficavam em casa só tricotando, hoje fazem academia, paseiam, viajam , tudo que elas merecem para o bem da saúde e da mente né? Bjs e tem novidades no Poesia, me ajuda lá divulgar o post de volta ás aulas se desejar

Tina Bau Couto disse...

COLORIDO LIVRO
BOA DICA

E ESSAS PÉROLAS AMIGA SÃO GARIMPO
PARA QUEM TEM OLHOS DE VER E CORAÇÃO DE SENTIR
FATO QUE UNANIMIDADES SÃO BURRAS, QUE NÃO SEJA OS BONS LIVROS, MÚSICAS E TODA ARTE E SIMPLITUDES UNANIMIDADE
UE POUCOS FAÇAM MUITO COM A SENSIBILIDADE QUE TÊM E QUE ESTÁ DISPONÍVEL NAS PRATELEIRAS E CLIQUES
E UM DIA QUISÁ OS BONS SEJAM MAIORIA E A UNANIMIDADE SEJA DA INTELIGÊNCIA