segunda-feira, 16 de julho de 2012

A genérica

Numa poluída noite de verão, ausência total de estrelas no céu e plenitude de carros na terra, minha filha e eu fomos levar o lixo para a estação de reciclagem, que ficava no subterrâneo de um supermercado, para ser exata, na garagem do mesmo.
Durante o dia, quase sempre, simpáticos funcionários vão separando tudo o que chega.
À noite, o pequeno, porém eficiente espaço de reciclagem, ficava abarrotado de material para ser separado na manhã seguinte. Sozinho e silencioso.
Chegamos com as nossas sacolinhas e quando fui encostá-las próximo a uma caixa cheia de livros, vi uma espécie de agenda vermelha ali por cima dos livros.
Tomei-as nas mãos e comecei a folheá-la.
Minha filha corou de vergonha ( ficou com o rostinho da cor do caderninho! ).
Ninguém está vendo, eu disse sorrindo e avaliando o produto.
Deve ter sido descartada nalguma faxina de fim de ano. Menos de uma semana e ela perderia seu valor. Carregava uma marca – 2011.
Esta vai ser reciclada de outra maneira: na minha bolsa!
Júlia avermelhou-se de vez.

Muito espaço, muitas páginas em branco. Caberiam várias ideias ali e caberia de maneira ideal numa pequena bolsa como a minha.
E foi somente depois da mudança de endereço que eu reencontrei a genérica da moleskine, agora já sabendo o que era a tal cadernetinha, e fui olhar com calma cada uma de suas páginas.
Íntimo e anônimo ao mesmo tempo.
Foi uma aventura virar cada uma de suas folhas.
Quer ver comigo o que tem?
No próximo post...

10 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Aguçou minha curiosidade Ana, volto p saber o que tem nessa caderneta! Bjinhos

Alessandra Biet disse...

Rsrsrsrsrsrs, que coisa em!!
Ana vc acredita que eu estava preparando uma postagem “O que fazer com as agendas do ano passado? ”
Serio... Nunca soube o que fazer com as agendas velhas, deixei acumular algumas e não tenho coragem de joga-las fora. Eu também separo o lixo reciclado, e fico sempre com a impressão que alguém vai ver o que tem dentro dela Rsrsrsrsrs. Daí vem vc pra confirmar a minha tese!
Agora vou aguardar porq quero saber o que tem dentro dessa agenda!! rsrsrsrsrsrs

Imac by Artes disse...

Ana querida!
Você é formidável! Sabe tão bem como prender nossa atenção... Vou ter de ficar curiosa até o próximo post,
não vale amiga! Rsrs
Abraços! Uma linda semana pra ti.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, kkkkk! Como dizia minha querida avó: "A curiosidade mata!".
Por favor, escreva logo o novo post. Estamos de plantão aguardando esse mistério.
Adorei a emoção dessa postagem.
Beijo
Manoel.

Tina disse...

Quero sim e já trouxe sua história com a Moleskine para minha vida.
Lá fui eu hoje fazer o cadastro na Livraria Cultura para ter descontos e acumular pontos, até então eu só tinha cadastro na Saraiva.
Após terminar o tal cadastro me viro e dou de cara com uma estante cheia de caderninhos e os olhos buscaram faceiros por cadernetas e acharam várias, lindas, de uma tal marca Oh e ai os olhos não acreditaram no que viram: várias, coloridas e famosas Moleskines. Detalhe: Até hoje de manhã elas seriam anônimas para mim.
Preço de um par delas R$40,00. Pensei: uma para mim e outra pra Ana, mas a grana tá curta esse mês. Mas vai ficar o desejinho de consumo, que é carinho mas possível :)

✿ chica disse...

Suspense agora?rs beijos praianos,chica

Anne Lieri disse...

Ana,que pena alguem abandonar assim seus escritos!Ainda bem que recuperou!Tem poesia sua no meu blog do Recanto tb!bjs,

Su disse...

ai ai ai... o que será que vem no próximo post? Curiosíssima aguardando!

Beijos!

Su.

Ivani disse...

me deixou curiosa sua danadinha!
vê se não demora...
se tem uma coisa que faço também é olhar o que está dando sopa lá no deposito de reciclável.
temos aqui no predio, na garage.
vez ou outra tem uma caixa com revistas, ou mesmo livros e cadernos velhos.
quando estou só dou uma olhadinha.
é irresistível, e não há pecado nenhum nisso!
estou esperando em?
beijos querida. Que frio mais louco em?

mfc disse...

Agora fiquei deveras curioso...
Fico à espera!
Beijinhos,