segunda-feira, 15 de abril de 2013

Profissão: dar bom dia

Um blogueiro deve sempre pesquisar, averiguar as informações, os dados que coloca em seu blog.
Peço desculpas porque eu vou colocar dados aqui que não verifiquei o quão verídicos. Não senti o menor desejo para fazer uma pesquisa sobre esses dados, mesmo porque, acho infelizmente desnecessário. De alguma maneira, todos nós sabemos que eles são verdadeiros.
"A palavra mais repetida na internet é "morte" e a imagem mais representada é a de cadáveres. Com 12 anos, os adultos ( que postam isso na internet ) já forçaram crianças e adolescentes a ver mais de 20 mil assassinados".
Basta. Esses dados se tiverem qualquer variação, ainda assim são reais.

E então eu quero falar sobre os blogs cor de rosa.
Já li em muitos blogs que seus autores são extremamente criticados por mostrarem uma vida cor de rosa.
Sei de alguns que sucumbiram a esta crítica e desistiram.
Bem, se você quer ver coisas cinzas manchadas de vermelho sangue, não deve ser tão difícil assim encontrar...
Na blogosfera há blogs para todos os gostos. Gosto dos que me fazem enxergar um outro ponto de vista e também gosto daqueles que tornam o meu dia mais cor de rosa.
Receber um bom dia com uma xícara fumegante, uma foto de um amanhecer, um poema lindamente ilustrado com uma imagem da web que foi caprichadamente pescada.
Não de trata de fugir da vida.
Eu também quero espalhar rosa por aí.
Vez por outra vou trazer vídeos que já circularam por aí, mas merecem ser lembrados, revistos, como o do senhor Johnny Barnes que acorda às quatro da manhã, caminha, até chegar a um movimentado cruzamento simplesmente para dar um bom dia às pessoas que passam por lá.


imagem daqui
Ele é tão especial que até estátua ganhou!
Use 10 minutos do seu tempo para assistir ao vídeo com este simpático profissional do bom dia!
O vídeo não é traduzido. Há linguagens que nem precisam de tradução! Experimente. Clique aqui.
Beijo, bom dia, boa noite com sorriso.

17 comentários:

✿ chica disse...

Ana Paula! Que maravilhosa indicação desse vídeo! Despreendimento desse homem que leva alegria aos outros com coisas tão simples assim,não?

Adorei e como tu, prefiro essas coisas leves, coloridas que nos fazem esquecer o dia a dia tão violento que nos rodeia nas cidades.

beijos,boa noite!chica

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, nunca me esqueço que meu pai sempre dizia: Você não precisa conhecer ou ser amigo de alguém para cumprimenta-lo. Quando você fala um bom dia, você está desejando que qualquer pessoa tenha um bom dia, portanto...
Super legal o vídeo e quanto à cor da vida, procuro sempre a famosa cor-de-rosa.
Beijo
Manoel

JAN disse...

Oi Ana Paula, ainda que há blogs cor-de-rosa e pessoas com profissão de dar bom dia.

Abração
Jan

Dama de Cinzas disse...

Eu como tendo a ser realista, nem pessimista, nem otimista, prefiro o meio termo, nem desgraças, nem a vida mostrada muito cor de rosa, acho que tem um equilibrio que pode ser alcançado em tudo isso...

Beijocas

Moro em um Kinder Ovo disse...

o convívio com vocês blogueiras me faz crescer. Aguça o meu senso critico, me leva à comparação e à escolhas que esperam que sejam as melhores. Mas, se lá na frente eu sentir que é preciso mudar, eu vou mudar. E assim vamos caminhando, sonhando com um mundo melhor, habitado por pessoas melhores, que valorizem a vida e contribuam para que ela seja realmente melhor

Poesia do Bem disse...

Eu também prefiro viver num mundo cor de rosa, apesar das lutras, frustrações perdas... a vida já é tão difícil para nos prendermos nas imagens de violências e tristezas não é? amei a dica. agora depois passa no Poesia do bem e veja que imagem temos do inverno

Paola disse...

tem jeito de ser uma fofura o vídeo, vou assistir mais tarde. MAs concordo ctg... não gosto de ler notícias pesadas todo o tempo, não adianta.. sou romântica..
Beijões e boa noitee

Christian V. Louis disse...

Bom dia Ana.
Bem... Eu escrevi acerca de o blogueiro estar informado acerca de um assunto que vai debater em um dos meus posts, por ter presenciado blogueiros dando opiniões pessoais que, com o mínimo de pesquisa percebia-se que não eram verídicas. Hoje, quando contestados, mostram-se totalmente enrolados (a verdadeira expressão "saia justa") e, os comentaristas que concordaram com tudo, hoje parecem ter percebido melhor as coisas.
E não são parceiros em comum, ou seja, certamente nem leram meu blogue, apenas as coisas vão se mostrando por si mesmas. Existe o google e não serão todos que permitirão ser enganados mais de uma vez, principalmente diante da insistência de assuntos mal formulados. Por esta razão, autores não devem subestimar seus comentaristas e comentaristas superestimar os autores.
Este dado que deu não é algo que prejudicará ninguém, é uma base, uma estatística.
O Facebook era muito mais poluído com este tipo de coisa do que a blogosfera. Todos que defendiam isto argumentavam que bastava bloquear. Bem... via-se páginas de pedofilia que demoravam para tirarem do ar, fetos expostos, crueldades com pessoas e animais... Sim, é a realidade, contudo, como dito no texto, não dá para evitar que crianças acessem principalmente redes sociais hoje. É muito difícil policiar, acredito.
Portanto, de que adianta bloquear depois do que já está feito e compartilhado com umas 500 pessoas? Acho difícil.
Não sou a favor nem disto e nem da vida cor de rosa porque não acredito em felicidade ocorrendo as 24 horas do dia, é o que chamam de felicidades de plástico.
Sou a favor do equilíbrio.
Boa semana.

Tina Bau Couto disse...

Sem rótulos de blogs, livros, filmes,projetos, vidas cor de rosa, água com açúcar, fantasias, romanticices, falar do bem, incentivar, pintar, colorir os dias, penso que não é alienação ou idealismo, mas sim ser possibilista, para si e para os outros, abrir janelas na alma para respirar leve, dar e receber bom dia seja desse lindo senhorzinho, seja no cantinho de Beatriz é válido e merece aplausos não cara feia.
Quem se inerva com isso tá precisando ir pescar para relaxar...risos

O mau existe, os crimes, as drogas, os erros, os problemas e sim devem ser mostrados, mas há maneiras e maneiras de se tratar esses assuntos, de se apresentar, protestar, sem morbidez, sensacionalismo, exploração.
Um pessoa que faz atrocidades não merece aparecer no noticiário, a notícia tem que ser a punição, a narração do fato, em poucas palavras, sem imagem, sem detalhes. Frieza para a frieza e não matérias de meia hora.

“Eu disse a mim mesma que o mundo no qual eu acreditava deveria existir em algum lugar do planeta. ..Mesmo se ele não existisse em canto algum, se eu, pelo menos, pudesse construí-lo em mim, como um templo das coisas mais bonitas em que eu acredito, o mundo seria sim bonito e doce” Rita Apoena

Sobre estarmos informados(as) acho importante em qualquer que seja o meio, ainda que vc não tenha pesquisado a precisão da informação que deu, posso garantir que lê, se informa, tem argumentação, noção do que está dizendo.
O que não dá é sair falando por ai o que a maioria fala ou fazendo colocações absurdas, do tipo dizer que o nome do túnel onde morreu o filho de Cissa Guimarães foi alterado para dar nome ao filho dela (nem nome o túnel tinha) e que o nome era um que era o de outro túnel, alguém falou e meia dúzia saiu repetindo o erro, como mtas as vezes as pessoas dizem: foi ele, tá mesmo errado ou coitado...sem nem sabem do que se trata.
Ouvi dizer ainda que é exibição o nome do garoto lá no tal túnel, uma dor a cada passagem dela. Orgulho! Que comentário infeliz.
Que o nome do Rafael cumpra a missão de fazer outras pessoas além dela lembrarem e se indignarem com o que aconteceu ali, desde a falta de socorro, a prática de pegas, ao comportamento dos pais do garoto infrator e dos policias.

Que hajam mais profissionais do bom dia, das intervenções urbanas, mais poetas, mas rosa, mais verde, mas de humanos em nós.

"Podemos ver o mundo juntos,

Sermos dois e sermos muitos,

Nos sabermos sós sem estarmos sós.

Abrirmos a cabeça

Para que afinal floresça

O mais que humano em nós.

Então tá tudo dito e é tão bonito

E eu acredito num claro futuro

de música, ternura e aventura

Pro equilibrista em cima do muro."

lis disse...

Oi Ana
Gostei mito do vídeo e daquela simpatia distribuindo beijos e não se cansando de repetir 'I love you", muito lindo!
Quanto aos blogs evito visitar quando sinto que o blogueiro prefere falar de noticias e assuntos que assistimos todos os dias na Tv_ mortes, por exemplo.
Mas respeito e só não curto.
Já me pressionaram a escrever porque só reproduzo os poetas _mas não vou sair por aí fazendo versos sem ter o dom _ e gosto muito da vida cor-de-rosa 24 hs do dia.rs
Ler poesia ,pesquisar os autores é a minha prática mais agradável por aqui, quem gosta me acompanha,outros ficam pelo caminho mas é bom ter essa diversidade porque a busca pelo melhor também ensina,
Beijinhos AnaPaula, gostei muito da prosa ,
obrigada pela partilha.

Li disse...

Amei o vídeo!
Acho que precisamos de mais pessoas assim, pessoas de bem com a vida, com os outros, pessoas que sorriem, cumprimentam, amam...
Precisamos de mais amor, mais vida, mais beleza...

Beijos!

Lívia.

Alê Lemos disse...

Oi Ana! uma vez fiz um poema chamado "Óculos cor de rosa" que falava sobre isso, de trazer ao mundo um pouco mais de rosa. Acredito que um blog que apresente a tal da "felicidade de plástico" do senhor Louis kkkk não seja assim tão legal, mas em contrapartida, acho que sempre que tivermos algo bom para demonstrar devemos postar. No post da Antologia do Escritos Lisérgicos que eu fiz lá no Entre Livros recebi muitos comentarios positivos de bons conselhos, mas os posts tb tem essa função de compartilhar boas coisas com pessoas que estejam precisando.

Calu disse...

Pode crer, Ana,
quando comecei o blog, meu 1ºobjetivo foi o de espalhar boas palavras e imagens, melhorar e incentivar a vida das pessoas através de boas leituras e assuntos que fossem relevantes, claro, que também me identifico com os blogs que seguem esta linha e não tenho do que reclamar.
Tristeza e sofrimento já são difundidos demais pela mídia oficial.
Bjkas,
Calu

Nina disse...

é Ana, teve uma campanha certa época contra as pessoas que p ex, mantem blogs de decoracao, que mostram suas casas chiquerrimas e tal. Esse manifesto queria pedir a esse tipo de blogueiro, que dissesse claramente aos seus leitores que aquilo era tudo encenacao, que o resto da casa nao estava assim tao perfeito, isso e aquilo enfim. As pessoas diziam que assim, os leitores nao se sentiriam tao mal qd comparavam suas casas com as que viam no blog, etc. Mt doido isso ne?

Tbm sou contra essas coisas, todo mundo com o minimo de discernimento sabe que uma casa nao é perfeita o dia inteiro. e que claro, pra fazer as fotos, a pessoa arruma aquele cantinho, enfim... ahh quer saber? blog cor de rosa ou nao, o que importa é a gente ler/ver o que nos agrada. E ponto final.

:-)

Rovênia disse...

Amiga, que sr. mais animado! A história é bem bacana, mas não dá para dar bom dia um pouquinho mais tarde? Afinal, bom dia vale para o dia todo, né? Boa história. Amei!

Luís Fellipe Alves disse...

Algumas pessoas acham que ter os pés no chão e viver a realidade significa manchar-se com a tinta cinza e fresca com que os acontecimentos vêm pintando o mundo. Lamentável.
Por outro lado, que permaneçam os bons blogs capazes de ser aquela manchinha colorida e avermelhada de vida, em meio a tanto caos.

Anônimo disse...

Se o bem e o mal existe, é preciso escolher...
É preciso... Saber VIVER...

Boa noite... Bjs... Débora Albrecht
(19)9668-2166