terça-feira, 30 de abril de 2013

Filtro de barro, caneco de loiça

Ao primeiro minuto do horário comercial, toca o telefone.
 - Alô. É da casa do doutor Donisete?
 - Sim.
 - Ele está?
 - Não. Está trabalhando.
 - Oi. Bom dia. eu sou Cicrana e trabalho com filtros de água e nós estaremos fazendo ( a praga dos gerúndios ) uma demonstração do nosso produto, um filtro de última geração. Tecnologia 4G dos filtros: antibactéria, antialcalinizante, ionizante, anti influências alienígenas, enfim o que há mais moderno e tecnológico está no nosso produto. Por favor, qual é a marca do filtro do doutor Donisete?
 - Nenhuma.
 - Como assim?
 - O filtro dele é de barro.
 - O que? Filtro de barro? O doutor Donisete bebe água de um filtro de barro?
 - Sim.
 - Não, não pode ser. Você tem certeza?
 - Absoluta.
 - Mas é que eu conheço o doutor, já me consultei com ele. É difícil acreditar que ele realmente tenha um filtro de barro...
 - Isso porque a senhora não viu o caneco onde ele bebe a água. Tenha um bom dia. Passar bem.


16 comentários:

Moro em um Kinder Ovo disse...

Kkkkk. Coitadinha da vendedora, fiquei com dó. E "contra os fatos não há argumento" ela pode usar quantos gerúndios quiser para tentar convencer vocês.

✿ chica disse...

Rssssssssss...Muito legal ! Imagino a cara dela do outro lado e se visse!!! beijos,chica

Tina Bau Couto disse...

kkkkk
adorei
e água ou qualquer coisa nessas canequinhas novas já tem sabor inigualável, nas velhas então, parece que guardam nas entranhas uma algo mais
:)

eu tenho sempre diálogos dignos de crônicas com telemarketing, gerúndios e argumentações de robotizadas a incabíveis me levam da comédia a tragédia

um das mil ligações para dizer que vão me mandar o melhor cartão de crédito do mundo
eu: - não pode ser melhor do que o que eu tenho
ela: - pode senhora, diga o que eles te oferecem que podemos te dar
eu: - é assim meu cartão, eu compro, compro, compro e meu marido paga, nem sei quanto é anuidade, muito menos taxas, é tudo no nome dele, vc pode me oferecer um desses
ela: - não senhora

outra:
ela: - estamos mandando para sua casa (gerúndio e petulância de dizer que já está mandando)
eu: vcs perderão o custo com a postagem que poderia ser revertido para alguma causa nobre, eu não uso cartão só dinheiro
- como assim senhora? hoje cartões são a maior moeda de compra?
- mas eu sou contra isso, contra o sistema (incorporei uma socialista fervorosa, usando minha vei abaiana artística)
ela: assustada e querendo desligar como ocorre com a gente e eu pedindo para ela me ouvir

tim-tim com caneca de plástico rosa, tipo de lanche de escola pública
\o/

no final da tarde, café no copo (adoro café em copo) me sinto na padaria, ao som de Júlia ao violão tocando Núria...
"Quando eu era espera,
Nada era, nem chovia, nem fazia...
Quando eu era estrela"

Kellen Bittencourt disse...

kkkkkk Ana não podia deixar de passar mais uma vez antes de fechar a malak kkkk só vc mesmo, adorei a caneca do Dr, como diz o ditado, casa de ferreiro espeto de pau! Bjooooossss

EdeEtienne disse...

Tecnologia 4G dos filtros... rsrsr. E o caneco... rsrs. Adorei. Um feliz dia pra você! Bjs.

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Adorei...eu uso filtro de barro e caneca de ágata uai!!! E tô viva...ainda!
Adoro ler seus textos, sou fã!
Beijos e um lindo dia com boas energias em sua casa!

CamomilaRosa

Rita disse...

kkkkkk olá minha querida só
rindo mesmo, adorei fazer essa visita
e o texto é maravilhoso
Já estou fiando por aqui
desejo um bom feriado com todo mue carinho
Bjuss
Rita!!!

http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com.br/

Alê Lemos disse...

hahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah!Muito inspirado esse post de hoje kkkkkk eu quero dessa agua anti alienígena!kkkkkkkk

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, o Dr. Donisete está de parabéns porque por coincidência temos o mesmo defeito ou qualidade. Eu considero qualidade.
Filtro de barro marca São João e a canequinha é do mesmo material mas a cor é marronzinha.
A água fica deliciosa. Fresquinha!
Beijo
Manoel

Dama de Cinzas disse...

Eua adoraria ter um filtro de barro, é que ainda não encontrei um para comprar... rs

Beijocas

Calu disse...

Kkkkkkk,
vc me fez rir com esta crônica deliciosa, Ana.Aqui em casa também usamos filtro de barro e nem penso em mudar.
Dr. Donisete sabe das coisas(rs).
Bom fim de feriado.
Bjkas,
Calu

disse...

Doutor Donisete ganhou meu <3

Flávia Brito disse...

kkkkkkkkkkkkkkk... se ela visse a canequinha ficaria horrorizada, heim. Que filtro de última geração que nada... rsrsrs.

Beijos!

Graziela disse...

rsrs que delicia de conto (real ou nao).
so' um comentario: temos uma canequinha dessa mais inteira mas e' igualzinha.
Abracos
Gra'

Rovênia disse...

Eu já bebi muita água de filtro de barro e sobrevivi. Lembrei-me da minha mãe lavando aquelas velas... Amei, amiga, e ri muito da caneca. Ah, li seu livro, e vou comentar esta semana. Beijinhos. Volto depois para ler os posts atrasados. Sou assim, sempre no corre-corre. :)

Liliane Blog Sonhar e Ser disse...

que gostoso
água de filtro de barro
é muito saborosa
e caneca é algo tão pessoal, né.
amei.
bjs.