terça-feira, 16 de abril de 2013

Bookcrossing - liberte um livro


Esta semana começa um movimento muito interessante com a participação de blogueiros, ou não!
Libertar um livro para que mais pessoas possam ler. Pode ser esquecido em um local público, transporte, doado para bibliotecas, ou mesmo ser entregue "em mãos".
Desta vez, saí para participar sem a mínima ideia do que eu faria. Coloquei o livro na sacola e pé na rua.
Olhei para o ponto de ônibus, mas não senti que seria ali. Pensei na biblioteca da escola das crianças enquanto caminhava, mas... também não me deu aquela vontade.
Entrei no mercado para deixar o lixo para reciclagem e lá estava uma simpática mocinha que me deu um sorridente "bom dia".
Pronto. Senti que o livro começou a bater as suas asinhas lá dentro da sacola.
Então tomei coragem ( tem horas que dá uma certa vergonha! ) e fui perguntar se ela gostava de ler.
O papo fluiu, soube que ela tem um blog ainda sem postagens, mas assim que sair de forno, já pedi autorização para divulgar e teve até foto, envergonhada também!


Lihzianne é uma cuidadora do nosso planeta. Trabalha na estação de reciclagem. Tem ótimas histórias para contar. Por exemplo, encontrou esta semana um livro de Nietzsche e um Maquiavel no lixo. Já está lendo, pois adora filosofia.
Alguém duvida que esta garota vai longe?!
Também ficou muito interessada na ideia de libertar um livro.
Acho que o livro de crônicas da Paula Pimenta, "Apaixonada por palavras" encontrou a pessoa certa!

( libertarei um outro livro, mas esse vai demorar um pouquinho a chegar, pois seguirá pelo correio ).

Foi muito legal conhecer a Lihzianne neste bookcrossing!

22 comentários:

✿ chica disse...

Que lindo e maravilha teres encontrado essa pessoas tão legal! beijos às duas e vamos esperar o blog dela! AVISA! beijos,chica

Sonia disse...

Encontraste a pessoa certa. Ainda não libertei o meu, vou fazê-lo logo para ter esta sensação de estar contribuindo para que mais pessoas leiam.
Abraço!
Sonia

Calu disse...

Menina,
vc foi atraída para a libertação certa.Tenho certeza de que o livro chegou em mãos perfeitas para recebê-lo e desfrutá-lo.
Que ele abra ainda mais os bons caminhos da protetora do planeta.
Bjos,
Calu

Flávia Brito disse...

Ahhhhh que divertido isso. Mas vou confessar que tenho uma paixão incondicional pelos meus livros. Não consigo libertá-los não, tem ida e volta senão eu esgano quem não me devolver... rsrsrs. Egoísta eu? Não me leve a mal, é que tenho a memória curta, leio o mesmo livro três, quatro vezes como se fossem a primeira, e apesar de saber do que se trata eu nunca me lembro dos detalhes e quase sempre o final é de novo uma surpresa... rsrsrs. Maluquinha né? Mas encaro isso como um ponto a meu favor, assim posso ter sempre novidade entre meus livros já lidos. :)

Mas acho a ideia um máximo. Outro dia alguém esqueceu um livro no ponto do ônibus, mas duvido que quisesse libertá-lo. Era da Universidade que estudo, coitado de quem perdeu, sorte dele que eu achei e fui lá devolver. Fiquei sabendo que era uma Bárbara, espero que ela fique aliviada... rsrs.

Beijos!!

JAN disse...

Que legal, Ana Paula!!!!!

Abração
Jan

lis disse...

Muito boa participação_ gosto dessa ideia.
Também vou libertar um livro _ as vezes tenho ciumes deles ,mas é para uma boa causa rs
abraços Ana, ficou excelente seu post e quem ganhou foi a Lihzianne _ um nome muito bonito e sofisticado,
beijos

Suzana Martins disse...

Ahhhhhhhhhh.... eu quero esse livro, onde você 'esqueceu'??? rss....
Gente, eu quero esse livro!!!! rs...

Beijos e parabéns!!!

Libertar é tão bom

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, como é gostoso ler essa sua notícia. Vibro com essas coisas bem empregadas. Coisas com uso certo e construtivo. Não é maravilhoso a gente se deitar para dormir e pensar que Deus colocou no seu caminho alguém sedento de cultura? É muito bom, não é?
Dentro das possibilidades minhas, monto computadores com peças que consigo, até por doação de meus clientes, e dou a uma pessoa que necessita para estudar e aprender. As pessoas eu escolho antes de montar a máquina. Muitas vezes a gente dá o micro computador e o irmão ou pai da pessoa vende.
Chato, né? Eu só dou máquinas boas e garantidas por mim.
Essa é a minha colaboração paralela à dos livros.
Beijo
Manoel

Moro em um Kinder Ovo disse...

Muito interessante este movimento e eu quero participar também. Será que por aqui também existe? Vou pesquisar mais. E amei a pessoinha que você conheceu e acredito que você encontrou a pessoa certa.

Tina Bau Couto disse...

Que legal!
Eu dei esse livro a minha sobrinha emprestada.
Parece terem tudo a ver ele e ela.

Fico no aguardo da divulgação do blog dela, que gostando de filosofia, reciclagem e ter aparecido através de vc, são mtos bons pré-requisitos para não ser uma sementinha que vou gostar dos frutos.

Qto aparte da vergonha, sua e dela, não sei como é...rsrs

Pandora disse...

Adorei a forma como o seu bookcrossing aconteceu Ana! Conhecer novas pessoas, novas histórias é sempre tão bom néh?!? Também acho que o livro encontrou a pessoa certa!!!

Pandora disse...

Adorei a forma como o seu bookcrossing aconteceu Ana! Conhecer novas pessoas, novas histórias é sempre tão bom néh?!? Também acho que o livro encontrou a pessoa certa!!!

Kellen Bittencourt disse...

Adorei Ana, com certeza o livro ficou em boas mãos, vou escolher o livro que vou libertar esse ano! Bjooooss

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Oi Ana!

Seu coração intuiu e a livro ganhou a pessoa certa!

Beijos!

Selma

Rovênia disse...

Que ideia bacana, que pessoa interessante vc conheceu! :)

Roseli Pedroso disse...

Ana que legal sua libertação! Primeiro pelo livro e depois pela escolha do local e pessoa para ficar com ele. Maravilha! Também estou participando. Te aguardo por lá.Bjs




Luma Rosa disse...

Adorei a imagem do livro querendo bater asas dentro da bolsa! Parece que estava escrito você conhecer a Lihzianne - Que o bookcrossing blogueiro possa contribuir para que essa amizade floresça!! Obrigada por participar, Ana Paula!! Beijus,

Renata Diniz disse...

Olá Ana Paula!

Gostei da sua participação! Libertar um livro e ainda ter uma prosa com quem recebeu deve ser legal mesmo. Beijo!

Astrid Annabelle disse...

Estou visitando hoje todos os que participaram do BookCrossing Blogueiros e a sua história foi uma das que me fizeram abrir um largo sorriso. Amei.
É assim mesmo...essa é a sensação da liberdade...o livro batendo as asinhas! Show!
Parabéns Ana Paula!
Um abraço.
Astrid Annabelle

Trícia disse...

Que história bacana!!! Adorei...e adorei o título do livro que vc libertou (fiquei curiosa pra conhecer)!

Tb tô participando do projeto, que por sinal, acho fabuloso!
Bjs!!
http://espelhodesi.blogspot.com.br/

Rosamaria disse...

Que menina de sorte a Lihzianne!
Tu também és de sorte, pois a ajudaste e ainda achaste uma amiga.
Bjim

Lihzianne disse...

Pessoal, muito obrigado pelo carinho! Acabo de fazer a minha primeira postagem hoje.É claro que a Ana Paula me deu um incentivo grande! É uma apresentação pessoal, e do blog. Depois irei postar alguma coisa lá sobre reciclagem e depois sobre outros temas variados. Espero que gostem! Um grande abraço!