segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Grito preso

O que pode fazer um grito preso?
Várias, muitas coisas.
Em mim, um grito preso já me fez chorar por vários dias seguidos.
Doutra feita, fez o grito preso fez um nó na minha garganta e comida não descia. Eita grito bom que me fez emagrecer; agora que seria útil um desses, não me aparece!
Num menino de 10 anos, torcedor de um time de futebol, digamos assim, que está por um grito para ser campeão, o grito preso foi para os pés.



Tão feliz que estava o menino no anoitecer do domingo, mas com o grito preso, chutou, driblou, caiu, levantou, tudo isso sozinho, ele e a bola. E quanto o grito preso foi para os pés, o menino deu um chute tão forte...


... mas tão forte, que estourou o cano de água.

De repente, tínhamos um chafariz na nossa própria casa e eu que já não sofro de grito preso fui gritando para fechar o registro e como nós não temos aqueles seguros que aparecem na televisão que é só ligar e vem um consertador, saímos em busca de um encanador, que após quebrar, torcer, falar baixinho algumas palavras mágicas me disse que tudo estava pronto. Agora era só ligar para a companhia de água e solicitar o conserto deles, porque naquela parte que tem o lacre ele não pode mexer.
Tive sim um grito preso naquele exato momento que nem me fez chorar nem ficar sem apetite.
Liguei para a companhia e fui tão bem atendida pela funcionária Hortência que se solidarizou com uma mãe com dois filhos sem água em casa ( se ela visse a cor que predomina nos pés do meu filho, viria ela mesma fazer o reparo ). 48hs é o prazo.
Como não temos mais lata d'água na cabeça, lá vai Maria, lá vai Maria... ficarei bem paciente aqui esperando.

Ontem no momento da explosão de alegria, digo, explosão do cano, nem  percebi um detalhe muito importante que pode explicar porque a bola foi justamente ali, naquele lugar.



O cano é azul. Tanto o menino vibrou com a torcida celeste de seu time, que ao ver o cano, sei lá, pensou que estivesse lá e soltou o grito!

Nessas horas fico grata pela tecnologia não ser tão avançada.
Exalasse cheiro das telas de computadores, tablets e afins, não seria cheiro de sabonete de rico que vocês sentiriam!

Momento confissão: quem aí já quebrou a vidraça da vizinha jogando bola hein?

11 comentários:

✿ chica disse...

rsssssss...

Que lindo teu jeito de contar essa tragédia para a mãe, a falta d'água e tudo o mais! 48 hs sem água é dose pra ammute... Mas passam. Se foi no domingo à noite, 4ª ferira estarás com ela lindinha saindo pelos canos. Enquanto isso, tomar banho no clube da cidade como fiz com os meus,rs...

Que eles aprontam isso é verdade!

O pai do neno, após uma reforma geral num apartamento, colocação de carpetes, tudo novinho, cheirando a novo, com o gesso de um braço quebrado( aos dois anos) ele quebrou o cano do banheiro e inundou o apto todinho. Isso num apto com 4 pestinhas juntas e sem ninguém pra ajudar. Se enlouqueci? Na hora não,rs beijos, boa sorte e pensa no clube, na escola, na vizinha como solução para os banhos,rs chica

Tina Bau Couto disse...

Eu já quebrei duas vidraças, uma foi a da janela da sala da diretora da escola em que eu estudava (ô mira infame) com uma bolada e a outra foi o vidro superior da janelona antiga da casa de minha mãe, com um chinelada endereçada a uma barata voadora, que no momento do grito preso não raciocinei fosse quebrar o vidro e ainda por cima não matar a barata.

Quanto ao grito do Bernardo por favor que não seja no próximo jogo, meu Esporte clube Vitória, rubro negro agradece em tons de azul amizade.

Gritarei a propósito por aqui com a vitória do brasileirão pelo Cruzeiro, na verdade por Bernardo.

* Os vizinhos devem achar que tenho crise de identidade, grito pelo Vitória, pelo Flamengo, pelo Flu, pelo Corinthians, pelo Brasil, pela Espanha, Pelo Barsa...

Boa sorte, banhos de gato, receitas sem água e muita criatividade ai na espera :)

✿ chica disse...

Esqueci de dizer que na época eu tinha o grito beeeeeem mais preso. Se fosse hoje, sairia aos berros um livro do tamanho do código civil, cheio de @#$%&¨%$... rs

bjs

Felisberto Junior disse...

Olá!Boa noite, Ana Paula!
Por vezes, o melhor mesmo é tratar tudo com bom humor...igual ao seu belo texto!
... o grito preso do garotinho, chutador de bola no cano azul, está bem perto de ser solto, só falta uma vitória simples ( e nem isso, um empate simples do adversário) em 5 rodadas!
...que bom que pelo menos a empresa estipulou um prazo, sorte celeste de uma mãe com dois filhos sem água.
...eu joguei muita bola na rua, e bem que tentei quebrar uma vidraça, mas minha pontaria sempre foi muito ruim!
Agradeço pelo carinho, muito obrigado, bela semana, beijos!

Lola disse...

Sério Ana! Tão bem escrito e tão envolvente que fiquei na dúvida se era realidade ou não...
Não lembro de ter quebrado algum vidro, mas devo ter feito algo do tipo...
beijões e saudade de ti!!
(sou assim, me encontro e desencontro com a internet!)
Blog Antonella e sua Boneca

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, kkkkkkkkk!
Nada a declarar! Só um consolador...faz parte!
Eu já quebrei a vidraça da vizinha e geralmente a gente quebra logo a da vizinha que tem a faca para furar a bola. Como "meus advogados" não me defenderam, tive que ficar uns meses sem bola, rs...rs.
Tranquilize o Bernardo. O azul celeste vai ser campeão, mas quem quebra grandes galhos é o azul sabesp.
Beijo,
Manoel

Rovênia disse...

(Risos) Ai, Ana Paula, que coisa! Vá, pelo menos rendeu uma história e uma lembrança boa da infância. Lá em casa é peraltice para todo o lado, incluindo as minhas. Um dia conto.
Beijos aí! :)

Kellen Bittencourt ( Trilhamarupiara) disse...

kkkk adorei, felicidades para seu filhote que com cano quebrado ou não está prestes de ser campeão com seu time, quanto as bolas, eu tive uma vizinha muito má, toda vez que jogavamos bola, volei ou coisa do tipo e a bola caia na casa dela ela furava e não devolvia rsrs máaaaaa Bjinhosss

Ana Bailune disse...

rsrsrs... eu já!
E era o Marcos, o vizinho mais 'durão' do bairro.
Fugimos (eu e as outras crianças) mas depois voltamos e pedimos desculpas.
Descobrimos que ele não era tão durão assim, pois compreendeu e nos perdoou.
mas tivemos que pagar o vidro.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Bernardo, meu amigo. Enfim...Campeão hoje!
Parabéns pelo Cruzeiro pela excelente campanha.
Um abraço,
Manoel

Moro em um Kinder Ovo disse...

Bernardo, já está perdoado. Um time como este merece todas as artes, todos os aplausos. E que a Tina nos desculpe mas com tanta competência em campo não dá para ser bonzinho só para agradar a torcida adversária. A festa por aqui tem sido linda, a cidade vibra com mais de 50 tons de azul. E tem festa todos os dias porque já somos campeões e agora é comemorar muito. Você é meu convidado para conhecer a Toca da Raposa, entrar no campo com o seu time e gritar até ficar rouco.