quarta-feira, 22 de junho de 2011

Cheiro de bebê

A partir de hoje
vou me perfumar
com cheiro de bebê
Quero que o meu interior
fique inebriado de aroma pueril
O bebê nos surpreende
com seu sorriso puro
Quem sabe exalando cheiro de bebê
eu volte a sorrir despreocupadamente
Ao bebê não é dito:
você tem até o final da semana
para engatinhar.
Quero como o bebê engatinhar
seja para trás ou para frente
sem prazos nem regras
apenas quero exercer a fé do bebê
confiante que um dia ele acordará engatinhando
Seus passos cambaleantes
não são julgados como errôneos
e ele segue em frente
mesmo caindo
Quem sabe cheirando a bebê
eu pare de julgar os passos alheios
e apenas e tão somente caminhe junto
Ainda que eu seja como os bebês especiais
que talvez nunca irão engatinhar ou andar
ainda assim quero ter o mesmo cheiro deles
Porque além do cheiro,
eles exalam amor
capaz de transformar corações.

Ana Paula

11 comentários:

✿ chica disse...

Lindo e que delícia sentir o cheirinho de bebê pelo ar...beijos,chica

Ligia disse...

Adorei!! LIndissimo! Cheiro de amor de mae!!

Carla Mãe da Maria Clara disse...

Nossa... q lindo! Me deu saudade do cheiro da minha boneca, vou cheirar ela agora..rss :-)
Q complicado q é crescer... bom ler texto assim.. :-)
Bjss!

Angi disse...

COISA MAIS LINDA!
Me tocou...
adorei!
bjssss

Aretusa disse...

Adoro cheiro de bebê, adoro o cheiro da minha bebê, até hoje uso o mesmo perfume com ela. E sempre que olho o mundo pelos olhos dela, tudo fica mais bonito. Quero sempre fazer isso, olhar o mundo pelos olhos dela e fazer sempre um mundo melhor!!
Beijocas e bom feriado!!
Aretusa, mamãe da Doce Sophia

Su disse...

Ana Paula, vim sentir esse cheirinho delicioso de bebê... sua poesia é linda, doce... lembrei dos bebezinhos do berçário lá da escola, você se encantaria, pois iria ler nos olhinhos deles a sua poesia... lindamente descrita....

Obrigada pela visita no meu cantinho, fiquei feliz, tem um poeminha novo por lá de criança também e com as fotos dos meus pequenos da escola, te convido a voltar no meu cantinho pra ver... Hoje fico aqui a te seguir, assim não perco mais esse doce encontro com o lado de fora do coração. Beijinhos. Su.

MÃE DO GUI disse...

CHOREI, AMEI, eu quero um poema lindo desses!!!
Ana, só alguém com CHEIRO de beb~e pode escrever algo tão especial!!!!

LINDO, LINDA!!!

Bom são joão, Jana

Angi disse...

Ana,
que coincidência mesmo, espero que o dia de vocês tenha sido bem especial!
ah,quero ler o poema da Julinha, com certeza!
E tomara que o Antônio tenha sorte, e tenha muitos amigos bons!
beijão flor
boa noite!

musicando palavras disse...

Ana Paula, tudo que escreves me emociona e me deixa
feliz, obrigada por nos ensinar com suas palavras, o amor a vida.
Amei, parabéns!
Beijos nos coração.
Elizabetth.

Ivani disse...

que lindo! e que cheiroso esse poema.
também gosto do cheiro de bebê, mas principalmente entendo esse doloroso processo que é crescer...
não é fácil, a vida poderia e deveria ser mais suave, como os bebês. Beijos querida.

Roberta disse...

Que lindoooo, amo cheirinho de bebê!
Ainda bem que o meu esta com quase 1 ano, ainda poderei sentir esse cheirinho por mais tempo!!
Embora que, para nós mães e pais eles sempre serão um bebê não é!!??

Beijos e teu cantinho é lindo e fofo!!

Visite o nosso também!!