sexta-feira, 24 de junho de 2011

Silenciar

Poderia escrever-te:
um beijo
ou talvez me valesse do plural:
mil beijos
Estaria enganando a mim mesma
pois hoje não quero escrever
Quero silenciar as letras
são meus lábios que querem levar
o beijo até a tua boca
Hoje não preciso das palavras nem da escrita
Quero ser inteira silêncio
Quero ser silêncio espalhado em tua pele
Não, não vou pousar meu lápis na folha branca
Pousarei meu corpo silenciosamente na cama
para que venha o sono
e carregue em sonho o beijo
guardado em meus lábios
que emudecidos pousarão em tua boca
tão silenciosamente que talvez não percebas
que a ti o meu beijo chegou

Ana Paula

3 comentários:

✿ chica disse...

Que maravilha o teu modo de escrever!Lindo!beijos,chica

Angi disse...

LINDO!
Adorei,Ana!
um beijão

Ivani disse...

Opa! que romantismo é esse? lindo!
adoro sua poesia, parabéns!
beijo