quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Embrulhado para presente

Resolvi dar um presente antecipado de natal para as crianças: levei-as para ver a decoração na avenida Paulista.
E como todo bom presente, estava, a decoração, toda embrulhada!
"Ah mãe, não vale, nem dá para saber sobre o que será o tema".
Pois usem a imaginação, queridos, porque mamãe não voltará aqui com aquele mar de gente a empurrar e pisar em nossos pés.
Caíram na risada. Sinal se que o presente não foi tão mal assim...


E falando em presente, olha o selinho que ganhei da Marcilane que comemora o primeiro ano do blog:


E o Christian, do blog escritos lisérgicos, está com uma proposta muito interessante: reunir contos e crônicas e poesias numa antologia. Quer ter seus escritos publicados em um livro que pode ser até para presentear? Passa lá para saber mais!




15 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, quantas novidades boas. O que mais me chamou a atenção foi você ensinar a Júlia e o Bernardo a chuparem bala sem tirarem o invólucro, isto é, chupar bala com papel, rs...rs.
Essa visita ao natal da av. Paulista foi mais ou menos isso, rs. Brincadeira, de fato não é mole a selvageria que rola nessas festas por lá.

Também ganhei o selinho da Marcilane. Essa menininha tem uma cabeça muito boa. Adoro ela.

Vou passar lá para ver a proposta do Christian. Ele escreve muito bem.

Gostoso passar por aqui.
Beijo
Manoel

Tina Bau Couto disse...

Embalados?
Natal a vácuo seria?
Ou não tenhamos pressa para embrulhar os presentes, nem decorar acasa, nem a Paulista está pronta ainda, terá sido essa uma outra boa lição?
A proposta de imaginar foi tipicamente natalina.
De uma coisa eu tenho certeza, muito, muito, muito pouca gente tem foto de Natal com decorações embrulhadas. Quando digo que seus filhos são ímpares :)

Luciana Souza disse...

Oi Ana Paula
Eu também quero levar meus filhos na Av Paulista, nós vamos todos os anos, eu moro na baixada santista, mas sempre subo num sábado, vale a pena pegar aquela fila enorme kkkkkk para ver as crianças felizes com os enfeites enormes. Bom saber que ainda não está pronto. Também vou participar da proposta do Chris, pelo menos espero participar kkkkk.
Bjos. Fique com Deus!

Tina Bau Couto disse...

Fiquei pensando:
Muito pouca gente tem?
Não seria:
Será que alguém tem?
Um adulto talvez em seu momento de trabalho. Ou as coisas embrulhadas ao fundo, sem intenção do fotógrafo.
Mas crianças fazendo pose, acho que é coisa rara.
Uma sugestão seria tal eles guardarem e virar tradição de família e os filhos deles tb tirarem uma foto com uma decoração de Natal embrulhada. Amei a ideia!

SILÊNCIO DA MINHA ALMA disse...

Ana. Toda a criança alem de gostar de Presente vai sempre embalada pela magia do Natal Gostei,
Beijos
Santa Cruz Diacono Gomes)

✿ chica disse...

rs...Imagino a cara delas ao ver tudo embalado! Que bom que não estão adiantados com o aqui. Tenho uma pena de ver tudo enfeitado.Não é hora ainda! Isso vale apenas pro comércio!


beijos,tudo de bom,chica

Flor de Liz disse...

Oi Ana, tudo bem?
Muito merecido esse selinho que recebeu!
Achei muito legal a tal "1ª antologia literária". Você vai participar, né?
Com tantos textos bons e seu talento, ao menos deveria! rs
Respondi seu comentário em meu blog, porque estou com um pouquinho de pressa... Mas não resisti e passei aqui também! haha
Já disponibilizei o arquivo do meu blog!
Ri bastante já no primeiro trechinho do post, essas decorações de Natal já andam mexendo com a curiosidade e imaginação das pessoas e principalmente das crianças! Natal e suas mágicas! rs
Beeeeeeijos e até! :D


http://oiflordeliz.blogspot.com.br/

lis disse...

Oi AnaPaula
Também gosto de sair antes que chegue a correria pelas avenidas a procura de lojas e novidades de Natal, aliás fico é mais ou menos longe rs
Os presentes embrulhados até que achei interessante!
cria-se uma expectativa boa.
parabéns pelos presentinhos
um abraço da lis

Christian V. Louis disse...

Ver a decoração embrulhada foi diferente. rs. Não deixa de ser uma ideia original.
Eu faço minhas as palavras da sua parceira Flor de Liz a respeito da Antologia:

Com tantos textos bons e seu talento, ao menos deveria!

Obrigado por divulgar.

=> CLIQUE => ESCRITOS LISÉRGICOS...

Ivani disse...

Coitados! ficaram decepcionados!
Volta lá sim. Ainda é cedo para as decorações estarem prontinhas.
As crianças merecem essa alegria.
E voce também gosta, confessa!
Vou lá ver o blog do Christian.
Ando tão atrasada em minhas visitas. Beijos querida.

Kellen Bittencourt disse...

Oii Ana, estou louca p marupiar pela Paulista, adoro as decorações que fazem por lá, muito bacana a iniciativa do Christian, certamente será um sucesso, parabéns pelo selinho! Bjoooss

Lorena Viana, disse...

Ôwww... a carinha deles, são fantástica, tão fofos!
Mas, primeiro canto que vejo que a decoração ainda está embalada. Onde eu passo, já vejo os enfeites e decorações natalinos! Heheheh

Coisas boas pra você!
Beijo grande.
Lorena Viana

Das coisas que vejo e gosto. disse...

Oi Ana!!!

A carinha deles até que esta animada!

Beijos

Selma

Marcilane Santos disse...

Quase não vejo essa postagem acredita? Engraçado é que pensei que havia lido todas desta semana e eis que hoje vim dar uma olhadinha e descubro que não. E mais, descubro também que falava um pouco sobre mim... fiquei tão feliz! Feliz por saber que você gostou e que tantas outras pessoas concordam com o tema do selinho.

Achei muito engraçado esse encontro com a decoração de natal ainda embrulha rsrsrs, tadinhos dos pequenos, mas tenho certeza que soltaram a imaginação!
Gostei do questionamento de Tina sobre se alguém já tirou fotos com efeites de natal ainda embrulhados, eu particularmente nunca vi ninguém fazer isso! Mas gostei da ideia que ela propôs desse ato virar tradição, seria legal! :)

Sobre a antologia, quero muito participar, passarei lá com certeza. Tina e você Ana, também deveriam participar!

Quero deixar também um abraço para Manoel que é sempre muito atencioso e gentil. É muito bom ser lembrada!

Beijos no coração da Ana e dos pequenos! ;)

Lacorrilha disse...

Ahahaha, deram com os burros n'água.