sábado, 4 de maio de 2013

Correio elegante


Moço loiro de dreads compridos e óculos aviador indo hoje (03/05 às 11h +-) com uma supermochila pro Artur Alvim no 273R?
Minha alegria foi subir a escada rolante do metrô e ver que vc tava lá do lado, mas logo acabou assim que eu passei pela catraca. Não pode ter desaparecido assim, cadê vc?

To procurando um carinha que entrou comigo no trem da linha esmeralda sentido Grajaú em Pinheiros e desceu no Grajaú comigo também. ele tem barba, cabelinho grandinho e cacheado. tava estudando algo relacionado com o corpo humano. ele olhou pra mim e deu um sorriso. por favor, se manifeste. sou a menina de tiara e dreads

Rapaz magro (não magrelo, só magro), cabelo e barba negros *-*
Usava uma camisa polo azul escuro e carregava uma mochila nas costas. Estava saindo da estação Ana Rosa às 18h35min, eu estava entrando. Ele nem me viu, mas com certeza um dos homens mais lindos que já vi na vida

Durante minha rotina desgastante, achei a japa da minha vida.
Tudo aconteceu quando eu estava atrasado pros meus afazeres, nessa primeira sexta-feira de maio, ela entrou comigo as 15 pras 7 da manhã na estação Brigadeiro (no vagão mais perto daquela maquininha de livros), e eu tive que descer no Paraíso (poxa, o paraíso de verdade já tava na minha frente, né)
Cabelos negros (é japa, né), deve ter minha altura (1,70), bem magrinha e de uma beleza nipo-brasileira acima da média. Tava usando um all-star e acho que um casaco azul mais claro ou cinza (não tenho certeza ~~~sou daltônico haha).
Gata, não sei se você é Issei, Nissei, Sansei, Yonsei, Rokussei; mas por uns momentos eu te amei. Bjs vemk!

Barbudo que me ajudou com uma mala na saída da estação Ana Rosa, em vez da minha mala, me pega no colo e me carrega.

Leu? E então, o que achou?
Sabe o que é isto? Chama-se Spotted Metrô SP.
Funciona assim: por dia mais de 3,5 milhões de pessoas passam por dia pelo metrô. Trocas de olhares e piscadelas fazem parte da rotina nas plataformas. Para ajudar a paquera surgiu esta página no facebook para tentar encontrar a paixão-relâmpago da viagem subterrânea!

Acho que é uma espécie de correio elegante virtual! Eu adorei a ideia por dois motivos: talvez estimule maior uso do transporte coletivo ( se bem que não há espaço nem para pulgas ) e certamente vai despertar muito poeta, muita gente escrevendo bonito para fisgar o coração encontrado e desencontrado no metrô.
Ah! Se eu usasse metrô ainda iria participar dessa.
Calma, calma aí. Nada de paquera não! Entusiasmo, bom dia, gentilezas, oferecer uma poesia para alguém cabisbaixo...
E você o que escreveria?


20 comentários:

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, muito boa essa postagem. Talvez essa "brincadeira" incentive o romantismo. Prefiro dizer isso a achar que o casal pode virar notícia triste do telejornal vespertino, não é?
São os dois extremos prováveis. Então vamos apostar no equilíbrio emocional.
Beijo
Manoel

✿ chica disse...

Uma boa ideia e tomara hajam encontros de amor a partir desses telegramas ...


beijos,chica e lindo domingo!

Flávia Brito disse...

Que ideia legal, sempre bom dar segundas chances aos amores que não tiveram tempo de se estender. Beijos!

SANTA CRUZ DIÁCONO GOMES disse...

Ana: Li e gostei sei bem o que é pois fui funcionário superior de uma Empresa de Transportes a Nível Europeu, sempre me meteu confusão ver aquelas gente saírem do Bus a correr para o trem e do trem para o metrô, mas a nossa vida é feita de correrias.
Beijos
Santa Cruz

Tammy disse...

Tem um desses aqui da Universidade Estadual do Ceará... rsrs é muito engraçado... estou pensando em mandar pra um certo rapaz magrelo de olhos verdes... que achas???

Alê Lemos disse...

Hum... vou pensar nisso quando eu estiver dentro do metro e depois te falo ok? gostei do desafio!

Luma Rosa disse...

Oi, Ana Paula!!
Na correria, acho que não dá tempo de olhar em volta, mas é uma forma para em primeiro lugar, passar a prestar atenção à volta. Estamos tão acostumados a não falar com estranhos e só conversar com pessoas apresentadas por alguém - lógico que me cidades pequenas é diferente - que esse tipo de projeto desmistifica esse comportamento.
Fiquei curiosa!! Cadê o link da página do face?
Bom restinho de domingo!!
Beijus,

Amara Mourige disse...

Oi Ana Paula!
Muito boa postagem, legal esses telegramas!Tomara que usem para o bem e que alguém encontre o seu amor!
Beijos
Amara

Laiz disse...

Qu ótima essa idéia! Contrariando o o Criolo: Existe mor m SP.
E que exista muito mais!
Bjo enorme

Dama de Cinzas disse...

Boa idéia, adorei!

Beijocas

Lorena Viana, disse...

Ana Paula que bacana esse estímulo tanto ao uso do transporte coletivo, também ao entusiasmo, como você mesmo disse, acredito que as pessoas se tornarão até mais gentis, nessa esfera conturbada que é o metrô!

Beijo grande!
Uma iluminada semana...
Lorena Viana

Moro em um Kinder Ovo disse...

Minha brincadeira preferida em filas de espera (cof,cof,cof eu não uso transporte coletivo...)é ficar imaginando uma história para as pessoas. Dou nomes, imagino a sua profissão, o que gosta de comer, se é casado com a moça ao lado, etc.etc. É divertido e se o tempo de espera é grande vou puxando assunto. Viu a estratégia de marketing da coca cola na China? Apertaram as tampinhas para que as moças procurem a ajuda de um rapaz e assim incentivar a paquera. Tem também, por aqui, um facebook onde você pode falar das qualidades do seu ex. Acho que chama eu recomendo... é a criatividade fazendo usos interessantes das mídias sociais.

Calu disse...

Que ideia legal, Ana.juntar o transporte público a rede virtual e deixar a esperança falar solta...sensacional!!Se fosse eu numa situação de empatia com alguém triste, escreveria:

Remexa em tua sacola e peque de lá teu sorriso guardado.Coloque-o de novo e veja como é bom redescobri-lo.

Bjkas e boa semana.
Calu

Nina disse...

Nossa, eu ja tava querendo te parabenizar pelos textos diferentes, tava achando, tao, mas tao legal Ana.
Poxa,achei lindo, tao poetico como eles descrevem as pessoas, gente, apaixonei :-)

Ivani disse...

Oi querida Ana! Sou a Ivani Ni iPad. Da Ju.
Bem se vê que nao sei usar essa coisa né?
De saúde estou mutante melhor mas de computador esta tudo usam.....uma m.......a?!!!
Bom,melhor para r de escrever senão vai dar uma confusão. Isso aqui e muito louco!
Volto logo, preciso ir ao banco porque quero ler seu livro!
Mas vamos devagar, ainda tenho dores quando ando e estou sem carro! Nao e uma beleza?
Saudades também, até breve, beijos, Ivani.

Lola disse...

Ahh não!! Muitoo perfeito! ehehhehehe
Qdo for a São Paulo quero fazer uma dessas! ehehhe
beijõessssss

http://www.antonellaesuaboneca.blogspot.com.br/

JAN disse...

A D O R E I!!!!!

Abração
Jan

EdeEtienne disse...

Ô, mas que idéia mais delicada e interessante! Adorei a descrição, os detalhes. (Adorei a "japa"!) Obrigada por compartilhar! Bjs.

Tina Bau Couto disse...

Primeira coisa que gostei, a sua escolha da letra tipo de máquina de escrever para o post.

A iniciativa achei super criativa.
Tem o leva e trás do virtual para o rela, o incentivo a observação e a escrita descritiva que revela que observamos detalhes e quais são os detalhes que se observa, tão pitorescos, tão extensos ou tão gerais, românticos, engraçados, perturbados, encantados, poéticos, cada olhar, cada narrar, cada busca, cada encontro, cada desencontro.
Elegante, interessante.

Eu escreveria para alguém cabisbaixo, cabismédio e até para cabisaltos demais eu escreveria.

Para cabisbaixos por exemplo:
Você já sorriu hoje, abraçou, sonhos, lavou o rosto com água fria, disse alguma palavra de incentivo a alguém como gostaria que alguém te dissesse?
Bola pra frente, pro mato, pro alto, bola parada é energia presa. Chute, uma hora sai gol.

Rovênia disse...

Fui lendo e imaginando quem estaria usando o espaço do seu blog... A ideia é muito interessante! Tem muita alma que quer ser escrita e falta espaço! Gosto também daqueles projetos de pegar um livro na estação e devolvê-lo na chegada. Ler e escrever são necessidades básicas! Beijinhos!