sábado, 31 de março de 2012

Faxina número 06

Faxina número 06 - A brincadeira das letras


As letras, as palavras, as frases resolveram brincar. Brincar de se transformar. E se esticaram, cirandaram, pularam, balançaram, sapatearam e então aconteceu!
Letras soltas, frases elaboradas, compêndios, constituições, artigos, textos... tudo virara desenho.
Uma linguagem que em qualquer língua se entendia.





6 comentários:

Tina disse...

Parafraseando Monteiro Lobato:
"Ainda acabo fazendo livros onde as nossas crianças possam morar"
Linda foto, lindo demais o "mundo desenhado". Nos desenhos moram palavras, sonhos, histórias, várias e múltiplas.
Abraço em vcs 3 \o/

✿ chica disse...

Que lindo ,linda foto também!!

Quanto há ali nas paredes de especial,né?beijos,tudo de bom,chica

Ivani disse...

Olha eu atrás da Chica! nada muda!
Que beleza essa foto do Bernardo todo feliz.
É verdade Ana, a linguagem das imagens é tão forte quanto a das letras.
O recado é dado e de uma maneira bem mais leve, alegre.
Bom ser criança, não é Bernardo?
Beijos querida, acabou a faxina ou tem mais?
estou curtindo...

mfc disse...

Um mundo sentido e vertido em desenhos vindos de dentro desses pequenos artistas!

Beijos,

Aleska disse...

É uma exposição?

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, muito bem bolado. Faço minhas as palavras da Tina. Apenas estico um pouco para lembrar que há muito tempo atrás (hoje em dia não sei o que escrevem. Cito coisas sérias e não versos sujos ou pornográficos.) era interessante ler as inscrições criativas dos "Poetas de Banheiros de Estações Rodoviárias" e "Poetas dos Ônibus Intermunicipais e Interestaduais". Tinha muita coisa interessante e cheia de talento, embora o local não fosse dos mais apropriados, rs...rs.
Beijo.
Manoel.