quinta-feira, 15 de março de 2012

A raiz do problema

Preciso ler mais o dicionário.
Tem me feito muita falta não saber a raiz, as entrelinhas das palavras.
Algumas, talvez, até saiba intuitivamente o que querem expressar, o que querem dizer.
Quando ouvi: "Nossa, seu filho parece um E.T.", soube imediatamente que nada tinha de homenzinho de orelha verde.
E era preciso fazer algo; e eu tive certeza que as artes poderiam subtraí-lo dos seus cálculos, as artes poderiam fazer com que aquela criança deixasse as contas para depois.
Mas quando se é mãe que não é ilustradora, desenhista, artista plástica, pintora... e ainda por cima desconhece a raiz das palavras, tudo pode se complicar.


Saí em busca das artes para tornar o planeta de meu filho mais colorido e menos cheio de cálculos e números.
Voltei com uma caixa bem colorida.


E ele mergulhou neste mundo chamado 'giz pastel'.

E se eu soubesse que a raiz da palavra giz significa esse fino pó que se espalha e se impregna por tudo... talvez não tivesse trazido essa armadilha colorida para dentro de casa.



Bem, pelo menos meu filho não é um E.T.
Apenas tem a orelha verde.


Pó de giz.
Dicionário.
Orelha.



14 comentários:

✿ chica disse...

Sensacional. Lindas fotos e que trabalho legal esse, apesar do PÓ,srsr...

Adorei e isso faz bem ,eles precisam,né?

beijos,tudo de bom,chica

Patricia disse...

Ele não tem nada de ET mesmo! rs
E dá-lhe sujar as mãos com ele. : )
bjs

Tina disse...

“As palavras, como as abelhas, têm mel e ferrão” bem diz um provérbio suíço.
Que o ferrão ferroe os que proferem as amargas e o mel adoce quem não as aceita.
Eu sou uma ET, e ser ET do filme, é uma dádiva, pois ele tem bons sentimentos, uma aparência um pouco estranha para alguns, mas adorável para outros.
Sou uma ET pois as vezes acho que nasci na época errada, no planeta errado: leis, hábitos, músicas...
Sou uma ET azul (eita que vou ser tida como aberração). Quem gosta de verde aqui é meu filho. E cada um é cada uma, tanta gente desconhece o valor imensurável que há nisso.
"Tenho medo que as pessoas identifiquem meus excessos, essa quantidade absurda de pernas e braços que camuflo sob a roupa que visto.
O que diriam se soubessem das muitas que vivem em mim e tentam bravamente, numa luta corporal, projetar-se do meu corpo?
Tomariam-me por uma aberração?"
Clarice Lispector

Anne Lieri disse...

Ana,que grande escritora vc é!De um fato simples criou um delicioso texto!Boa essa ideia do giz de cera!Uma caixa muito linda e colorida que incentiva muita arte!...rsss...até pintar a orelha!...rsss...bjs,

Marcelly Rosa disse...

eu amo essa mundo Magíco.
de pintar,colorir e brincar.
Belo post.

Amei Seu BloG:
Estou Seguindo,Me Segue Tbm.

Beijooos Cor de Rosa...!

Marcelly Rosa ")

http://marcellyrosa.blogspot.com/

Ivani disse...

kkkkkk! que divertido isso!
essas crianças sao maravilhosas, e que prazer elas sentem em fazer sujeira...
Sempre entendi que ET é um ser de outro planeta, super diferente, mas as pessoas colocam isso em cada situação!
Porque ET? porque é bom em exatas?
Então é um elogio, afinal, nem toda criança é ligada em contas.
Sei lá, penso que as pessoas deveriam ficar quietas, isso sim!
Beijos Ana, seu filho "fora da terra" é uma graça!

mfc disse...

Ora aqui está um post divertido... feito seriamente!
Temos que lhes proporcionar os meios para melhor se desenvolverem.
Quegrande Mãe que és!
Beijinhos.

Lola disse...

Sua linda!! Sempre com as mais lindas palavras da blogosfera!!! E essa caixa de giz é demais(sempre babo nos materiais de pintura das tuas crianças) Mas essa eu tenho, por sinal o topo do meu blog pintei com estes giz pastel! ehuehuehueh
beijõessss
http://antonellaesuaboneca.blogspot.com/

Lola disse...

quais quais.. não tenho! ahahhahahaa
beijoosssss

Marly Bastos disse...

Pois é o giz de cera prega em tudo, mas solta o artista. Tudo em prol do desenvolvimento dos pimpolhos né?
Não achei a orelha grande, mas ele está esverdeado da cor dos E.T.s. Dizem né, eu nunca vi um.
Beijokas doces

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, deve ser ET "genérico". O original não usa giz, rs...rs.
Beijo.
Manoel.

LUCONI disse...

Gostei disso Paula, fez muito bem em lhe dar o giz de cera, eles soltam a criatividade e viajam por sonhos mil, mas ele é lindo demais para ser um ET, as orelhas verdes a gente lava, beijos Luconi

Compartilhando Sentidos disse...

Que caixa de giz fantástica... Transforma meninos em ETs!


Bjo, Ana e viva a liberdade de pintar as orelhas de verde!!!!

Adriana Engelmeyer Bouzan Lopes disse...

Ana......sou sua fã querida.....que post lindo!!!