domingo, 4 de março de 2012

Inezita Barroso


Quero homenagear hoje uma maravilhosa artista brasileira, que tem minha admiração desde que eu era uma criança: Ignez Magdalena Aranha de Lima, nascida aos 4 de março de 1925.
Nossa querida Inezita Barroso que cuida com desvelo das nossas raízes musicais, neste vasto país.
Doutora Honoris Causa em folclore pela Universidade de Lisboa.
87 anos. Parabéns!

Foi homenageada em seu programa, dentre vários cantores, pelo Jair Rodrigues, que cantou uma música que eu adoro e fiquei surpresa ao saber que foi composta pelo Pelé!
Então, música para festejar tão querida artista!

( o Pelé cantando não é lá aquelas coisas, acho que ele fica melhor com a bola no pé!
Mas a letra que ele compôs é linda! )



10 comentários:

Tina disse...

Adoro ela, a simpatia, a voz, o sorriso.
Salve Inezita!

Ivani disse...

Ai que delicia de momento nostalgia.
Sem querer voce homenageou também minha mãe, me fez lembrar o quanto ela gostava de Inezita.
Minha mãe faleceu em 1959, aos 33 anos, e era louca por ouvir Inezita cantando.
E minha mãe também nasceu em 1925, portanto ambas têm a mesma idade, o que conclui-se que mamae poderia ainda estar entre nós.
Seria bom demais!
Tem razão quando diz que Pelé é melhor no campo, com a bola (ou era!).
Mas a música é mesmo deliciosa.
obrigada pelas gratas recordações que você avivou.
beijos e tenha um lindo domingo.

Marly Bastos disse...

Ana Paula,
Concordo que a música é linda demais, mas cantada na voz do Pelé fica meio capenga. Na voz do Jair Rodrigues me emocionou.
Obrigada por partilhar e bela homenagem à Inezita.
Beijokas doces

✿ chica disse...

Lembro dela e minha mãe a adorava,. ouvia sempre! beijos,linda nova semana!chica

Imac by Artes disse...

Homenagem merecida!
Também gosto muito da Inezita...
Essa música é linda realmente.
Abraços! Uma semana abençoada pra ti.

Su disse...

Ana Paula, bela homenagem, conheço pouco sobre ela, mas já vi alguma coisa, adorei saber mais por aqui!

E lá embaixo: que lindo post do sol/planeta entrando pela sua janela...
Fui "pequeno príncipe" por lá contigo!

Beijinhos.

Su.

Lola disse...

huaauhua, eu dei risada! Adoro ela e o meu marido diz que sou louca! ahauihauha!! Beijos

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, esta postagem alegrou o meu domingo.
Eu morei um bom tempo na rua Joaquim Nabuco (quando meus filhos só conheciam frango em embalagem plástica, ao vivo, nada! Rs...rs.) no Brooklin em São Paulo. Essa rua é travessa da Avenida Santo Amaro e termina no Aeroporto de Congonhas. Perto de minha casa, na Av. Santo Amaro, morava a Inezita Barroso. A parte de baixo de sua casa era um restaurante com comidas caipiras (restaurante dela). Fui lá diversas vezes e tive o prazer de conhecê-la bem. Quando eu entrava no restaurante ela já vinha recepcionar e sentava na minha mesa. Ficávamos jogando conversa fora. Ela é um amor de pessoa e sabe tudo de vida. Não vou me estender porque logo isso vira uma postagem e eu acabo contando minha vida aqui.
Quanto à música, também gosto muito e fiquei surpreso por ser do Pelé, que como cantor é a mesma coisa que eu sou em futebol, nem comento!
Lindo domingo para vocês.
Beijo.
Manoel.

Ivani disse...

Oi, voltei!
Adorei o comentário do Manoel, e fiquei com inveja (da boa!) em saber que ele conheceu a Inezita tão bem rsrsrs.
Penso mesmo que deve ser uma delicia conversar com ela, sendo a pessoa humilde e alegre que é.
Está tão quente por aqui que parece que o inferno é ali na esquina!
Beijos querida, tenha um bom dia.

mfc disse...

Gosto destas grandes senhoras e da sua forma de estar na vida!
Beijinhos.