domingo, 7 de agosto de 2011

Um dia para viver

Não foi um despertar tranquilo
Agitação festiva, murmurinhos risonhos
Pela fresta o convite chegou
alaranjado, quente
Sol trazendo presente

Queriam logo sair
Palavras douradas
asas a voar
não para serem lidas
muitos não saberiam...

Palavras também sabem
se fazer em sentir
sentir a vida
presente
no tempo presente

Presente dourado
asas invisíveis
no ar transparente

Um dia para sentir
sentir a vida
presente do tempo presente
simplesmente a simplicidade
de viver

Ana Paula

8 comentários:

Débora disse...

Ah Ana!! Como é bom viver, e como é bom ler coisas singelas...
Bjo e ótimo domingo
Débora

✿ chica disse...

E nunca podemos recusar um convite assim...Lindo! Viver simplesmente é lindo!beijos,chica

Poesia do Bem disse...

Lindo demais Ana. Bjs e venha ver as novidade e participe do sorteio esta semana eim? Bom domingo e uma semana feliz

Imac by Artes disse...

Ana querida!
Como é lindo viver e receber cada dia como um presente de DEUS.
Abraços! Linda e abençoada semana pra ti.

Ivani disse...

Eu também me senti assim hoje ao abrir minha janela e m e deparar com um dia lindo de sol.
Adorei sua poesia porque retrata a alegria de poder sair e curtir a vida, aproveitar o sol e suas cores lindas.
Nada como um domingo de sol para a gente se sentir bem, não é mesmo?
beijos querida, boa noite.

Rosane Castilhos disse...

QUE LINDEZA!
ME ANIMOU E ME ALEGROU!!!!
MUITO OBRIGADA AMIGA QUERIDA!
BEIJINHO

LUCONI disse...

Sua poesia me encanta pela forma singela que escreves, todo escritor tem a sua marca, eu acredito que a sua seja a pureza das palavras ditas com forma tão singela e bela que me toca o coração, beijos Luconi

Helena Chiarello disse...

O brilho e o calor do sol nesse poema!
E algumas coisas são assim, tão especiais que nem precisam ser ditas ou lidas... só sentidas!
Lindo, Ana!

Saudades, amiga! Estivemos de mudança aqui, e a baguncinha tomou conta.. rsss.. Mas agora, voltando devagarzinho pra rever os amigos...

Super beijoooo!