sexta-feira, 15 de julho de 2011

Meu varal



Meu varal enamorou-se por mim
Pudera!
Vê meu rosto iluminado
num brilho que não é meu

Em todas as manhãs ensolaradas
estou diante dele
com o sol a bater em minha face
O brilho é do sol, não meu

O vento esvoaça meu cabelo
e meu varal põe-se a achar
que estou dançando
Meu varal ouve o riacho correndo por entre as pedras
pensa que sou eu a cantar
E eu covarde que sou
não me mostrei verdadeira a ele

Não sabe que misturo minhas lágrimas às águas do riacho
Nos dias chuvosos, é em meu vestido puído
que enxugo meu rosto sem brilho
enxugo as lágrimas que não cessam
como o riacho incessante por entre as pedras
Ah! Meu varal enamorou-se por mim
e ele precisa saber quem sou

Irrompi na tempestade noturna
e mostrei-me a ele
face encharcada, sem brilho algum
cabelos sem vida

Eis como sou: puída na alma, esvaída no coração
E com voz adocicada disse-me:
Enamorei-me por ti porque as roupas
que em mim penduras sussurram
a sua tristeza que escorre em lágrimas pelo riacho
Enamorei-me por ti porque
os lençóis que envolvem teu corpo no repouso
me contam teus sonhos
Enamorei-me por ti porque a bacia
que carregas apoiada na cintura
falou-me da delicadeza das tuas mãos

A tempestade se foi
a alvorada veio chegando com os pássaros
E eu enamorei-me por meu varal
Pudera!
Ele me viu nua sem eu nunca ter
me despido perante ele.

Ana Paula

6 comentários:

Maria Alice Cerqueira disse...

Ola querida amiga
Estou na final da ostra poesia, me desculpe por mais uma vez vir lhe pedir votinho para a minha poesia, Precisamos. Mas sem a sua ajuda eu não irei conseguir. Prometo que passando esta fase eu virei comentar apenas sobre o conteúdo de seu cantinho.
Como votar você entra no link …http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com/
No final da pagina das poesias esta escrito
VOTE CLICANDO NA PALAVRA COMENTÁRIOS Lindalva 1 comentários
Por favor coloque coloque o nome da autora e da poesia, ( Precisamos ... Maria Alice Cerqueira e o nome do seu blog. para que Lindalva possa confirmar seu voto.
Desde já lhe agradeço de coração.
Tudo do melhor para você.
Abraço amigo
Maria Alice

blog da Paraguassu disse...

Olá querida,
Lindo seu poema. Encantou-me seu namoro com o varal. Algo muito fascinante este amor cheio de
tempestades e ventanias. Adorei.
Gostaria de pedir-lhe que deixasse seu rostinho junto aos meus fiéis leitores e seguidores. Sua foto com seus dois pimpolhos está muito bonita e gostaria de vê-la por lá.
Um ótimo final de semana e beijos em seu coração.
Maria Paraguassu.

Ana Paula disse...

Paraguassu, eu vou lá no seu blog, mas não se iluda como o meu varal. O rostinho que vai te seguir é o de uma anta laranja!!! Beijo

Angi disse...

Ana Paula!
QUE LINDA POESIA,ESTAVA PENSANDO SE SERIA SUA, E NÃO ME SURPREENDI QUANDO VI QUE É SUA!
Amiga, que palavras, que lindo, amei, e o final dele é lindo!
ADOREI MINHA AMIGA POETA, QUE ALEGRA MEUS DIAS COM SUAS PALAVRAS DOCES...
Bom final de semana!
beijões a vcs

Ivani disse...

Olá Ana Paula, demorei mas vim.
E adorei ter vindo porque me deparei com esse primor de poema.
Lindas palavras e doces desfechos.
Adoro esse seu modo de escrever, e hoje especialmente você está inspiradíssima. Parabéns.
Beijos e um lindo fim de semana.

Claudia disse...

Eu sou sua fã.
E sei, assim como nossa querida Ivani, que aqui sempre tem coisa boa!
Parabens!
Bjks mil e um otimo final de semana