quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Dormir


Há os que dormem enrodilhados, outros esparramados; solitários, acompanhados por semelhante, cachorro, gato.
Há quem cubra até a cabeça; imagina que é nuvem e cobre até a lua travessa.
Há quem de sono se alimente, há quem alimente o sono com a geladeira, talvez somente com leite quente.
Há quem ao dormir sinta a boca seca; água precisam para beber. Outros, beijos bastam para a sede ceder.
Há quem escolha o vestir para dormir, há quem durma despido.
Há quem acorde penteado, há os que se levantam descabelados.
Quem sonhe colorido, quem sonhe em preto e branco, quem diz nunca sonhar, quem diz nunca se lembrar.
Há quem dorme e descansa, há quem acorde mais cansado do que foi ao deitar.
Há os que fazem um ritual para dormir, há quem nem saiba onde dormiu.
Em camas macias, em camas alheias, sofás, ruas, trincheiras...
Há gente tão habilidosa que em pé dorme no transporte público, outros pendem a cabeça no ombro do vizinho carrancudo.
Dormem todos. Os insones, pouco, mas de alguma forma, dormem. Dormem todos.

14 comentários:

Angi disse...

Ana,
eu acordo escabelada, sempre lembro dos sonhos, e tenho sono leve e fácil, até sentada eu durmo!
=)
Adorei!
Beijão amiga

Celina Dutra disse...

E há os que ficam acordados ouvindo a alma para nos trazer poemas belos!
Girassóis nos seus dias. Beijos.

Blog do Óbvio - Manoel disse...

Ana Paula, é mesmo gostoso ler o seu texto. Você observou o que a gente quase não nota e com as diversas modalidades e ocorrências. Até rí desse trecho:
"Há gente tão habilidosa que em pé dorme no transporte público, outros pendem a cabeça no ombro do vizinho carrancudo."

E o vizinho nem sempre simpatiza com o dorminhoco, rs...rs.
Beleza de postagem. Gostei muito.
Beijo no coração.
Manoel

✿ chica disse...

Lindo passeio pelo dormir e seus modos...um beijo,chica

Carla Mãe da Maria Clara disse...

Tava com saudade de passar por aqui e ler com calma textos belos assim como os seus.. :d Como estão as crianças? Td bem com todos?
Beijos e sempre obrigada pelo carinho :-)
Quer gripe ai?..rss

Patricia disse...

Eu sempre sinto cedo na hora de dormir!! rs
Como sempre, adorei seu texto.
bjs

Tina disse...

Gostei do tema e das descrições.

Li em algum lugar e achei tão poético que quando alguém adormece é porque está no sonho de alguém.

Bom sono e bons sonhos pra vc :)

Imac by Artes disse...

Que lindo amiga!
Não tinha pensado nisso.
O interessante é que todo ser vivo,dorme
de uma forma ou de outra.
Abraços e durma bem!

Compartilhando Sentidos disse...

Oi Ana. Mais um relato cotidiano maravilhosamente escrito. E não é que é verdade... Todos dormem. Vários jeitos de dormir, mas todos dormem!

Adoro passar por aqui e hoje, antes de dormir!
Boa noite!

Bjocas e eutimia.

Marly Bastos disse...

Pois é Ana, a vida é um eterno dormitar. Gostei das suas observações em versos sobre o dormir. Eu tem dias que durmo parecendo anjo e quietinha, outros dias que estou agitada, durmo de um lado e acordo do outro. Eu sonho muito, mas somente lembro daqueles em que eu acordo assustada. Esses dias acordei com meus gritinhos, sonhei que tinha uma lagartixa dentro do meu forno, andando nos pães de queijo que tinha colocado pra assar... Pena pelos pães que nao existiam, alivio pela lagartixa que também não!
Adorei sua poesia dorminhoca.
E o que dorme no ônibus, pende a cabeça e ainda baba no ombro do vizinho de banco??? rsrsrsrs
Beijokas doces

Débora disse...

Dormir, taí uma das coisas que amo fazer, aliás, necessito para estar bem. Troco o alimento pelo sono, aliás, para mim o sono é um alimento para o corpo e para a alma. Nesses meus dias tenho dormido cansada e acordado ainda cansada por conta do trabalho, mas nada mais regenerador que uma boa noite de sono.
Adorei.
Bjão

MÃE DO GUI disse...

Amei...Lindo!!!

Bom final de semana,

jana

mfc disse...

E são tão bons aqueles momentos antes de adoirmecer em que parece que levitamos com o nosso travesseiro!
Ainda há coisas boas na vida...e que não pagam imposto!

Um belo poema sobre a arte de dormir e de dormitar!

Ivani disse...

Oi Ana, voce está certa, dormimos todos!
Gostei muito dessa sua postagem. Faz pensar em como as pessoas são muito diferentes.
Mas todas dormem! rsrsrsrs
Eu durmo logo, mas acordo no meio da noite e tenho uma grande dificuldade de voltar a dormir.
Enfim, cada um à sua maneira. Beijos querida, tenha um bom domingo.