terça-feira, 8 de novembro de 2011

Esquecer livros


Participo hoje, pela primeira vez do Book Crossing Blogueiro, um movimento para incentivar a leitura, o desapego de livros.
Você "esquece" propositadamente um livro num lugar público. Diz-se também "liberta"um livro.
Li sobre o movimento no blog da Luma e à tarde, lá fui eu libertar dois livros.
Achei difícil...
Não libertar, mas encontrar um local em que eu não fosse avistada!
Com o livro infantil, minha intenção era deixá-lo numa estação do metrô. Estava tudo tão lotado que quando encontrei uma mãe com seu filhinho, perguntei se ela aceitava e entreguei-lhe em mãos.
Mas o gostoso mesmo foi com o segundo livro. Fui a um parque que também estava cheio. Quando encontrei um banco disponível, vi que estava tão corroído por cupins que era capaz de o livro ser devorado em segundos pelos bicho. Dei mais uma volta e achei um local bem confortável para ele.
Deixei um bilhete em ambos com meu endereço eletrônico. Seria bem legal se escrevessem!





19 comentários:

Angi disse...

QUE LEGAL,ANA!
Amei, e adorei o local que você deixou o seu,aliás eu pegaria certo!rs
ADOREI O TÍTULO!
Se te escreverem nos conta!
beijos

Celina Dutra disse...

Ana Paula,

Muito prazer! Obrigada pela sua visita e comentário. Adorei sua espontaneidade no post! Também é a primeira vez que participo no BookCrossing. Mas não deixei meu e-mail no bilhete. Foi muito gostosa a experiência!
Girassóis nos seus dias. Beijos

mfc disse...

Que lindo!!
Depois diz-me se te responderam!!!

Se calhar não respondem... ainda vão pensar que queres que lhes devolvas os livros!

Débora disse...

OI Ana!

que ideia legal!!
Espero que a pessoa que encontre goste de ler e leia, ou se for alguém que não tem o hábito desperte!
Bjão

Tina disse...

Adorei e aderirei.
Vou tentar fazer um post sobre, além de deixar o livro em algum pouso para voo.

* Se receber retorno conta aqui tá ;]

Flaviane Koti disse...

Muito legal sua participação Ana. Eu participei ano passado e tbm achei dificuldade em onde deixar. é como uma ninhada de gatos, não tem como ficar com todos, temos que achar um lar, quem goste e vai cuidar dele, o mesmo sentimento com o livro, nem é apego material, me de conta que minha estante está quase vazia, vou emprestando, emprestando...por isso decidi fazer diferente. Vamos ver.
Bjs

Sandes disse...

Ana, adorei a ideia. Genial! Mas confesso que ainda não consigo libertar os meus, sabia? De qualquer forma, achei a sua iniciativa belissima. Beijo Grande!

Patricia disse...

Q ideia legal!
Semana passada doei todos os meus livros para um orfanato.
Uma vez ouvi que os livros devem circular e tenho feito isso sempre.
bjs

Compartilhando Sentidos disse...

Aqui em Floripa tem um espaço, no terminal de ônibus, onde é possível encontrar livros deixados com este fim. Uma iniciativa bacana para fazer os livros circularem.

Bjo.

Marly Bastos disse...

Ana,
Eu já participei de um projeto desse tipo, e era com a literatura infanto-juvenil. Na escola, todo ano fazíamos um rodízio de livros que os alunos teriam que ler, e cada turma comprava um título e assim o livro nao seria dele, mas da escola. No fim do ano, com apenas a compra de um livro, os alunos liam uns 14 livros. E claro os livros, já estariam bem manuseados e aí a gente fazia um mutirão com os próprios alunos para o "desapego". Cada grupo ia pra um lugar e por ali deixavam o livro ou nos semáforos entregavam para os motoristas. Olha, não sei se liam, mas recebiam o livro das mãos dos alunos com uma alegria danada, e os alunos se sentiam "os doadores cultos".
Esse projeto é 10 amiga!
beijokas doces e boa quarta-feira!

Suzana Martins disse...

Ah.... que delícia!!!!

Eu quero, eu quero, eu quero... rs...

O incentivo a leitura...

Beijos e parabéns

pensandoemfamilia disse...

Olá
Também participando do desapego, e já pela terceira vez. Vim conhecê-la e saber sobre os livros doados.
Prazer em conhecê-la.
Bjs

✿ chica disse...

Que legal e os livros ótimos.Tomara te escrevam,né? beijos,chica

Roseli disse...

Oi Ana! Que legal seus livros! Valeu participar não é mesmo?
Abraço

Ivani disse...

Oi Ana, li sobre o assunto no blog da Chica. Acho que foi anteontem. E fiquei pensando que é uma atitude muito bonita essa.
Mas também descobri, com um pouco de vergonha, que sou egoista pra caramba!
Não consigo me desapegar de meus livros. Tenho tanto orgulho deles, tanto carinho.
Talvez eu deixasse um livro do qual não gostei, mas isso não vale.
Livro que a gente não gosta não serve para outros também.
Ainda preciso me preparar melhor.
Seu gesto foi lindo, e tomara que a pessoa entre em contacto (contacto???). Ia ser bem divertido.
Beijos querida e parabéns.

Max Martins disse...

Oi, Ana Paula

Gostaria de passar algumas horas lendo neste local onde você abandonou o segundo livro.
Eu tive o prazer de participar também e fiquei surpreso ao ver que deixaram recado no meu perfil do BookCrossing, praticamente, no mesmo dia.
Espero que a pessoa que o capturou entre em contato contigo.

Abraços

Orvalho do Céu disse...

Olá, querida
Gostei do que escolheu... parece-me de fácil leitura e deve ter um bom conteúdo...
Só hoje pude passar por motivo de mudança e sem velox...
Bjm de paz e ótimo fim de semana

Luma Rosa disse...

Tomara que entrem em contato com você! Deve ser muito legal receber notícias de um livro liberto! Ah, o Max Martins já teve notícias do livro que participou desse BookCrossing Blogueiro. Danado!!

Ana Paula, obrigada por sua participação! Agradeço por ter-me ajudado a espalhar a ideia do BookCrossing Blogueiro e tudo o que vem agregado ao ato de "libertar" um livro.
Aproveito a oportunidade para avisar que já agendei a 4ª Edição para a segunda quinzena de abril de 2012. A explicação para um intervalo grande é justamente para os "apegados" se acostumarem com a ideia.
Vamos seguindo doando um pouco do que temos e motivando mais pessoas, praticando o desapego, espalhando cultura e quem sabe, despertando novos leitores?
Beijus,

Gina disse...

Que bonitinhos os livros!
Tomara que façam bom proveito.
Bom final de semana!