quinta-feira, 29 de outubro de 2015

Atualizando


Fotografia da biblioteca da escola onde estudam meus filhos.
Que eu tenho certeza, provoca encantamentos e nostalgias nos avós e pais e indiferença nos alunos que ali estudam!
Perguntei outro dia se eles sabiam o que era a Barsa.
"Ah, um professor falou e mostrou. Mas mãe como é que atualizava as informações?"

Pois é, refleti um bocado para dar-lhes a resposta e concluí que naqueles tempos o verbo atualizar não fazia parte do vocabulário do tempo.
Ninguém ficava conjugando o atualizar. Até existia, mas era tão desnecessário.
A Barsa era coisa de gente rica, ou gente como a dona Rosa, trabalhadora que achava necessário para estudar os filhos ter uma enciclopédia em casa. Ela fez um carnê de muitas prestações com o vendedor que batia de porta em porta carregando uma pesada maleta preta com algum exemplar e um bom discurso sobre a sua importância.
Dona Rosa mandou inclusive comprar uma estante nova para acomodar todo o conhecimento do mundo.
Aos sábados eu ia para a casa dela ajudar a filha Mônica a tirar o pó dos volumes.
Lembro também que o vendedor apareceu por lá tempos depois entregando um exemplar com atualizações, que à época ele chamou de "incluíram" algumas coisas.
Não sei dizer quantos anos sobreviveu aquela coleção de livros vermelhos. Sei que me acompanhou, por empréstimo e muito cuidado, durante muitos anos do colégio.
Quem aí pesquisou na Barsa?!
A turma do odd, diria meu marido! Eu e ele inclusive!
Aproveita e conhece ou relembra o odd em 30 segundos aqui.

9 comentários:

✿ chica disse...

Puxa, quem não lembra? Tive que rir da pergunta que teus filhos fizeram. É mesmo assim... E há tanto a atualizar,rs...

Lembrei dos chatos e tão insistentes vendedores de porta em porta com a amostra da BARSA e outras enciclopédias na mão...

Gostei também da propaganda do ODD e também sou dessa época , pior: BEM ANTES DELA,rs... beijos,chica

O Que Tem na Nossa Estante disse...

Olha eu não sou muito antiga (melhor que dizer velha né?)
mas eu peguei um pouco o tempo da Barsa.
Eu lembro que eles faziam uma promoção nas escolas: o aluno que respondesse todas as questões de um questionário corretamente ganhava um kit da barsa. Acho que eu não consegui responder tudo, mas aqui em casa ainda peguei o tempo das enciclopédias. Tinha umas do globo aqui em casa.

O Que Tem na Nossa Estante disse...

Ah! rss estou logada com a Estante, mas aqui quem fala é a Aleska ok? Beijos!

Graça Pires disse...

Eu não conhecia o termo. Gostei de saber. As bibliotecas são muito importantes nas escolas...
Beijo

Poesia do Bem disse...

Pesquisei muito na Barsa e ainda aqui tem a coleção na única biblioteca municipal para as crianças usarem, já desatualizada com certeza em algumas coisas, nesse caso salve a internet.Nesse dia nacional do livro, clamo por mais livros nas escolas e bibliotecas novas e abertas ao público que sejam cheia de crianças a ler e a descobrir o mundo mágico da leitura. Logo mais aqui no Poesia tem dica de livro que a Alice adora nesse data comemorativa

Tina Bau Couto disse...

Sou do tempo do Odd
Adorei isso e vou usar
Do tempo da Barsa, que lá de casa passou longe
Atualizavam saindo novas edições eu imagino
E quem tinha as atualizadas era como ter um iPhone novo
Amei
Confesso a recordação do Odd foi minha maior alegria, como o dia é do livro hoje, pra me redimir o recordar e querer as Caçadas de Pedrinho e Reinações de Narizinho, será que tem nessa biblioteca?
Tias de consideração podem fazer uma visita?

Francine Galiano Pinto disse...

Nunca tive Barsa em casa... Mas tinha uma enciclopédia da revista Caras, depois de meses juntando as partes, completamos as duas. Eu me lembro que amava ler...era muito curiosa a respeito de tudo (ainda sou, mas não tanto quanto antes). Era nessas enciclopédias que eu fazia os trabalhos escolares. Saudades dessa época :)

Recebeu meu e-mail sobre a blogagem coletiva? Espero que sim!

Abração da Fran,
http://nomundodafrancine.blogspot.com

Bolhinhas de Sabão para Maria disse...

Oi Ana, que gracinha de texto e boas lembranças.. Entrei aqui ontem, comecei a ler e terminei hoje. E ontem, lendo aqui atualizei meu post sobre o dia nacional do livro que aconteceu ontem também. Me lembrei que claro.. tínhamos a barsa, enciclopédia do estudante.. lembra? São relíquias da nossa infância..

Era muito bacana esses vendedores na porta... E por falar deles, tenho também um poster e um album de infancia com meu irmão.. fotografia...

Bons tempos esses..

NO Bolhinhas tem também homenagem ao dia do livro.. e doces lembranças..

Convidada..

Vou vir mais aqui.. suas palavras enriquecem a alma!

Beijos Tê e Maria ♥

http://www.bolhinhasdesabaoparamaria.com.br/2015/10/dia-nacional-do-livro.html

Calu B. disse...

Eu...eu, passei bons tempos de cada dia debruçada sobre aquelas páginas recheadas por "todo conhecimento do mundo." E foi que nem a Dona Rosa, que meu pai fez a aquisição dos volumes vermelhos repletos de saber.Tomavam uma prateleira só pra eles.Depois de breve tempo eu já conhecia os tópicos de cada um e ia direto no exemplar que precisava.

Boas lembranças.
Bjos, Ana,
Calu