quinta-feira, 15 de outubro de 2015

Guardanapos, passarinhos e avós

Ganhamos um presente. Já faz tempo que o Seu Dutra, o carteiro daquele antigo CEP, nos entregou.
Dois guardanapos.
Assim era o presente. E causou espanto.
Nossa! Que coisa mais linda! - exclamou a voz de encanto.
Nunca eu conseguira limpar a boca, amassá-lo e jogar no lixo - sentenciou a voz determinada.
Ah se eu soubesse fazer aquela arte de nome francês... - disse a voz suspirante.


Um presente assim exige que seja poeta para presentear.
Não necessariamente poeta de versos e métricas e rimas.
Pode ser poeta apenas no olhar.
Na alma.
Ou no sorriso.
Muito difícil de encontrar.
Não é para qualquer um assim presentear.

Estava guardado feito tesouro, com todo aquele cuidado.
Era tão aconchegante onde estava, que adormeceu.

Dias atrás, minha filha me entregou um convite que trazia da escola e ao contrário de trazer-lhe alegria o convite, a tristeza escorreu-lhe pelos olhos: tratava-se de um encontro entre avós e netos.
Numa manhã, na verdade, amanhã, um encontro de gerações.
Assim estava escrito no convite:
"O que nos une é muito mais forte do que o que nos separa".

Minha filha tem apenas a avó paterna que mora lá nas Minas Gerais e pouco tem deixado seu ninho.
Vendo a tristeza da menina, sugeri que falasse com a professora e lhe dissesse que devido a essa ausência, não faria sentido participar; que ela faltaria nesse dia.

"De jeito nenhum, de forma alguma. Você vem e vai me ajudar a acolher, acomodar e circular por entre as mesas e os avós e netos!"

Essa foi a resposta da professora que animou a menina.

"Levar um prato de salgado".

Na ausência dos avós, a presença sensível do olhar da professora.
Não se ausentando desse fato que é presente em sua vida, minha filha vai nutrir-se de todas as presenças amorosas que estarão ali; vai lembrar-se dos seus avós; vai acariciar seu olhar e quem sabe um dia, poderá presentear alguém com guardanapos.
Guardanapos como estes que um dia ela ganhou de presente e que amanhã, no seu encontro de gerações, estará vestindo os sanduichinhos que ela levará.
Assim, com o carinho de um presente, ela enfrentará ausências mas ganhará sorrisos feito as pessoas que tem cheiro de sol e delicadeza de passarinho.

Deixo também minha homenagem aos professores. Que além de ensinar, possam sempre ter esse olha atento e além.
Uma homenagem linda feita por Alexandre Reis, aqui.
Beijo!

7 comentários:

Dra. Cristiane Marino - Mulheres em Círculo disse...

Ah...quanta delicadeza...
Nossa, os guardanapos são lindos...eu teria feito uns quadrinhos com eles, bastava emoldurar.
Mas o uso que você vai dar a eles é bem nobre e vai ter um significado especial para todos.
Bjs

Tina Bau Couto disse...

Será a neta dos sem netos ali, na vida talvez
Saberão o que é uma neta das boas
Estarão Tiana, Seu Tonho e os outros dois avós com ela
Pois parte dela são

Eu aqui emocionada!


Alice:
Quanto tempo dura o eterno?
Coelho:
As vezes apenas um segundo

Quanto vale um guardanapo?
"Além da utilidade o significado"
Que assim seja

Poesia do Bem disse...

Uma linda lição de que mesmo na ausência da avó , a neta poderá mostra ra crianças tudo de bom que com ela aprendeu, além de cuidar e acolher, ganhar outras avós no olhar, no abraço, no ajudar sentar, se locomover, se servir... A gente que é professor precisa estar atento as singularidades de cada criança seus sentimentos, é mais que repassar informação. Amei os guardanapos. poesia pura. Eu não posso ver flor e passarinho que já me emociono.

Ps:
Ana se puderes me ajuda votando no meu texto que foi selecionado pela Ed Bambolê no concurso Ao mestre com carinho deixo aqui o link do formulário. Meu texto número 2 e desde já agradeço https://docs.google.com/forms/d/1zwxolPsLuOhovxQ0BJ8k3Nhd_qG9aDbLIxKObjs9N24/viewform?c=0&w=1

✿ chica disse...

Que coisa mais linda e adorei a sensibilidade e esperteza da professora! E não sei porque, acho que sei quem mandou esses guardanapinhos lindos assim...

Será linda a festinha e oportunidade de estar com as vovós! Emocionante! bjs e parabéns aosw professores todos! chica

Ana Bailune disse...

Maravilhoso texto! A vida é cheia dessas ENORMES pequenas coisas, e são elas que fazem com que valha a pena.
Parabéns!

Carmen disse...

Meus olhos marejaram...lindo o texto e mais linda a atitude da professora! Que este afetuoso guardanapo dure e perdure na família!!

Ygraine disse...

Oh how beautiful and moving, and I wish there more teachers like that...would make learning a much more enjoyable experience!

Have a fabulous weekend! :))